Notícias

Polímero para reparo de lesões do tendão é tema de estudo de aluna de Farmácia da Uniara

Publicado em: 19/12/2017

Um polímero para reparo de lesões do tendão é o objeto de estudo da aluna do quarto ano do curso de Farmácia da Universidade de Araraquara – Uniara, Isabela Gorla Gonçalves. O projeto, intitulado “Scaffold de Poliuretana para reparo tendíneo” e orientado pela professora Eliane Trovatti, foi um dos premiados, na categoria “Qualidade Acadêmica”, no XII Congresso de Iniciação Científica da instituição, realizado entre os dias 6 e 9 de novembro, na unidade I da universidade.

“Trata-se de um material que tem como principal objetivo ser um suporte, a fim de ajudar a regenerar o tendão, sendo menos invasivo que as técnicas atuais. A mais comum para a recuperação do paciente é basicamente a cirúrgica, podendo ser somente uma sutura, quando há um estiramento tendíneo. Porém, quando há uma ruptura, a técnica é a retirada de fragmentos do tendão saudável do próprio paciente, para auxiliar na sutura daquele rompido, onde o grande problema é o tempo de recuperação, já que ele consiste em um tecido pouco vascularizado e de difícil reparo”, explica Isabela.

Ela menciona que, em relação ao biomaterial, no caso de ruptura tendínea, ele seria utilizado como suporte, “ou seja, uma ‘ponte’ na qual o tendão rompido seria suturado no próprio biomaterial, e não haveria mais a necessidade de retirar fragmentos tendíneos de um tendão saudável do paciente, diminuindo significativamente seu tempo de recuperação”.

Após a realização de todos os ensaios do projeto, finalizado este ano, a estudante aponta que foi possível concluir que “o biomaterial obtido tem uma resistência mecânica próxima à de um tendão de um rato, ou seja, isso mostra que o material tem características favoráveis para ajudar no reparo tendíneo, além de ser atóxico às células, resultado também favorável”.

Isabela comenta que, com o aumento da expectativa e da qualidade de vida, acidentes que acometem os tendões, antes causados principalmente em esportistas, agora acontecem com mais frequência na população em geral. “Assim, podemos dizer que a relevância social do estudo está em melhorar a qualidade de vida e em diminuir o tempo de recuperação dos pacientes que necessitam passar por esse tipo de reparo”, finaliza.

Informações sobre o curso de Farmácia da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

Clique para ampliar

Últimas notícias:

Busca

Assessoria de imprensa
assimprensa@uniara.com.br
16 3301 7142
Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /