202011251904

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Notícias

PPG em Ciências Odontológicas da Uniara promove palestra online sobre osteonecrose dos maxilares nesta quarta, dia 28

Publicado em: 27/10/2020

O Programa de Pós-Graduação - PPG em Ciências Odontológicas da Universidade de Araraquara – Uniara promove a palestra online “A Osteonecrose dos Maxilares Relacionada aos Medicamentos: Princípios Biológicos, Clínicos e Possíveis Avanços no Controle da Terapia Cirúrgica” nesta quarta-feira, dia 28 de outubro, das 14h às 18h, com transmissão pelo Google Meet – http://twixar.me/Fg4m. A atividade, aberta a quaisquer interessados, será ministrada pelo professor Leonardo Perez Faverani. 

“A osteonecrose, como o próprio significado da palavra mostra, é uma necrose do osso, relacionada a alguns medicamentos que, de uma maneira geral, tratam de doenças como osteoporose e alguns tumores do osso. Quando ocorrem essas enfermidades que causam uma diminuição da densidade óssea, por ação de algumas células que destroem o tecido ósseo - os osteoclastos - e causam a reabsorção do osso, esses medicamentos, antirreabsortivos, agem nesses osteoblastos e os inativam de forma irreversível”, explica o convidado.

Ele conta que, na palestra, abordará metabolismo ósseo, biologia do osso, a alteração do metabolismo, causas das osteonecroses e cavidade bucal, “que é tão predisposta à ocorrência desse problema”. “Diante dessa necrose do osso que, com esses medicamentos, vai causar o aumento da densidade, já que não tem mais reabsorção - inativa esse processo -, esse osso será congelado. O organismo entende que, se não tem necessidade de reabsorver, também não vai formar”, esclarece.

A boca é potencialmente contaminável, de acordo com Faverani, de modo que, “em situações como uma alteração mecânica, o aumento de inconsistências de alimento, uma desordem por um aumento da mecânica no uso de uma prótese ou uma instabilidade, como um complexo no uso de implantes, ou uma lesão endodôntica e tantas outras problemáticas no organismo que demandam uma resposta metabólica, isso não vai acontecer”. “Assim, um mecanismo adicional, como uma infecção ou inflamação, vai direcionar uma resposta para uma reabsorção que não seja do mecanismo dos osteoclastos, e aí, a boca tem essa predisposição maior às osteonecroses”, aponta.

Faverani finaliza dizendo que, além de discorrer sobre os mecanismos e tipos de osteonecrose, a ideia também é falar, em relação à evidência científica, sobre “o que temos que enfrentar e as condutas clínicas para melhorarmos tanto a prevenção quanto o que há de indícios para a melhora dos tecidos de recobrimento, chamados moles, bem como esse tecido ósseo necrótico”.

Informações sobre o PPG em Ciências Odontológicas da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br/ppg, pelo telefone (16) 3301-7408, pelo WhatsApp (16) 99642-9480 ou pelo e-mail mestradoodontologia@uniara.com.br.

 

Últimas notícias:

Busca

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /

Saiba o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações. Utilizamos cookies essenciais e analíticos de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

ENTENDI