mostrar mensagem ]

Comunicado aos alunos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia (COVID-19) - 02/04/2020

Prezados alunos,

Informamos aos alunos dos cursos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia que estão abertos os cadastros para alunos que queiram participar da ação estratégica “O Brasil conta Comigo”. O edital recruta interessados em contribuírem com o Brasil nesse momento, de maneira regulamentada nos instrumentos legais.

O aluno que tiver interesse em se inscrever (e que for selecionado), terá vários benefícios pedagógicos descritos nas portarias do MEC e do Ministério da Saúde. Ademais, haverá remuneração oferecida pelo Ministério da Saúde para os selecionados.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Informações oficiais (COVID-19) - 02/04/2020

Prezados alunos,

Estão circulando na internet imagens falsas de um comunicado em nome da Uniara. Para certificar-se de que uma mensagem é verdadeira, acesse diretamente de seu computador nosso site através do endereço https://www.uniara.com.br/.

Os comunicados oficiais da instituição serão sempre publicados em nosso site.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado: Prorrogação da suspensão das aulas (COVID-19) - 26/03/2020

A Reitoria desta Universidade resolve:

Renovar a suspensão de todas as atividades teóricas e práticas dos cursos presenciais, estendendo-a para até o dia 11 de abril de 2020, com exceção do Internato do Curso de Medicina, Módulo 12, pois, a pedido do Ministro da Saúde tais estudantes deverão estar em prontidão.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado: Orientação do Procon referente a mensalidade de escolas (COVID-19) - 21/03/2020

Prezados alunos,

Procon orienta que mensalidade de escolas sejam pagas mesmo durante suspensão das aulas por causa do coronavírus.

Clique aqui e confira a reportagem na integra.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado - Suspensão das atividades do internato médico (COVID-19) - 19/03/2020

A Reitoria desta Universidade resolve:

1. Suspender todas as atividades do Internato Médico dos Módulos 9, 10 e 11, por 10 (dez) dias prorrogáveis, a partir de segunda-feira dia 23/03/2020, com plano de reposição para cada dia letivo.

2. Manter as atividades do Internato do Módulo 12, recomendando que os internos possam ser recrutados para áreas de maiores demandas dentro ou fora do Hospital de Ensino, se assim for necessário.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Nota sobre atividades domiciliares (COVID-19) - 17/03/2020

Em virtude da excepcional suspensão temporária das aulas, serão apresentadas aos estudantes atividades pedagógicas em regime especial de exercícios domiciliares, que permitirão a continuidade das atividades acadêmicas, fundamentados em determinações do MEC para esse momento.

Portanto, a partir da próxima semana, cada Coordenador de Curso enviará a seus alunos todas as informações necessárias à implementação das atividades domiciliares.

Clique aqui e leia na íntegra a nota oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado Urgente - Suspensão das aulas (COVID-19) - 16/03/2020

O posicionamento da Uniara frente às medidas preventivas sobre a pandemia COVID-19 está baseado nas evidências que nos vem sendo trazidas pelos órgãos de controle de saúde governamentais. As autoridades da Saúde preconizam que a suspensão de atividades coletivas é a melhor alternativa para “achatar” a curva epidemiológica da contaminação.

Assim sendo, a Uniara informa que todas as atividades teóricas e práticas dos cursos presenciais estão suspensas do dia 16/03/2020 ao dia 28/03/2020, com exceção dos estágios do 4º ano do Curso de Enfermagem e o Internato do Curso de Medicina, pois, tais profissionais, a pedido do Ministro da Saúde, deverão estar em prontidão.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Notícias

Estudo de alunos de Medicina da Uniara sobre violência sexual é premiado no Congresso de Iniciação Científica da universidade

Publicado em: 15/01/2020

O estudo “Violência sexual: Perfil Epidemiológico do Município de Araraquara–SP”, dos estudantes do curso de Medicina da Universidade de Araraquara – Uniara, Bruno Henrique dos Santos Alves, Beatriz Sakakibara de Moraes, Flávia Silva Shimabukuro, Giulia Cristina Chiozzini e Maria Clara Bertin de Morais, foi um dos premiados no XIV Congresso de Iniciação Científica – CIC da instituição, na categoria “Relevância social do tema”. O evento foi realizado em novembro de 2019, nas unidades I e IV da universidade.

“A violência sexual gera graves consequências, de curto e longo prazos, e afeta aspectos físicos, psicológicos e econômicos. Por ser um assunto de extrema importância, que repercute nos âmbitos biopsicossociais da vítima, é importante conhecer seu perfil epidemiológico para que se possa, por meio da análise dos dados, estabelecer medidas que otimizem o atendimento a elas e que reduzam o número de casos. Mediante isso, essa pesquisa objetivou conhecer o perfil epidemiológico das vítimas de violência sexual da cidade, entre os períodos de julho de 2014 e dezembro de 2018”, explica Alves, em nome de seu grupo.

Ele conta que foram obtidos dados de 137 Fichas de Notificação de Violência Interpessoal/Autoprovocada, do banco de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação - SINAN-NET e do Sistema Juarez, “assinaladas como violência sexual, incluindo outras violências associadas a essa, quando presentes”. “Os dados analisados foram sobre características das vítimas e cuidados realizados a elas, assim como características do agressor”, detalha.

Os resultados obtidos demonstraram, de acordo com o aluno, “vítimas predominantemente do sexo feminino, com idades entre 21 e 49 anos, de raça branca, com ensino fundamental incompleto e estado civil solteiro”. “Em sua maior parte, o agravo ocorreu em período noturno, nos bairros periféricos, sendo o estupro a violência sexual predominante e o agressor desconhecido. Foram realizadas profilaxias de DST/HIV/Hepatites virais e contracepção de emergência às vítimas, e o principal encaminhamento realizado foi à Rede de Saúde do Município”, relata.

Com as informações da pesquisa, que “não envolveu o contato direto com as vítimas - foram obtidas apenas as informações dos bancos de dados”, será possível, segundo Alves, estabelecer estratégias que possam reduzir o número de casos, além de proporcionar uma assistência ainda mais direcionada ao perfil das vítimas de Araraquara. “Essa otimização busca proteger a população mais suscetível a esse tipo de agravo, acolher as vítimas a fim de garantir um melhor enfrentamento diante desse problema e estimular sua autonomia quanto à denúncia para melhorar o registro dos dados, com a finalidade de evitar as subnotificações e, por fim, reduzir o número de casos”, reforça.

Alves revela que, “frente ao impacto que a violência sexual gera na sociedade e, às vezes, à falta de conhecimento sobre os passos a serem seguidos quando o agravo ocorrer, o grupo desenvolveu um folder de orientação para população sobre violência sexual e, em parceria com a Uniara e Secretaria de Saúde do município, pretende-se disponibilizá-lo nas unidades de saúde”.

O trabalho foi orientado pela professora Eliana Aparecida Mori Honain. “Teve grande relevância tanto para a formação dos estudantes quanto para o próprio município. Um tema muitas vezes polêmico, como outras vezes ignorado. A violência sexual é vista de muitas formas diferentes, principalmente em relação a homens e mulheres na fase adulta, nos casos que não vêm associados a grandes lesões corporais. É um estudo que identifica os casos dentro de um município e que pode desencadear ações nos diversos setores para se coibir tais violências”, ressalta a docente.

Ela comenta que “o grupo de alunos foi audacioso ao lidar com esse tema e também na busca dos dados”. “Trabalharam com todo banco de informações, cruzando indicadores de uma forma precisa e de fácil compreensão. Em março, o folder deverá estar pronto para distribuição à população”, finaliza.

Informações sobre o curso de Medicina da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

Últimas notícias:

Busca

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /