[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

Em vista das melhorias que estão sendo realizadas na portaria principal da Unidade I da Uniara, alunos, interessados e colaboradores devem utilizar a entrada localizada na Rua Voluntários da Pátria, 1309 (Rua 5).

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Notícias

Ainda em clima junino, alunos de Nutrição da Uniara desenvolvem receitas típicas, direcionadas a pessoas com restrições alimentares

Publicado em: 28/06/2019

Ainda em clima junino, recentemente alunos do curso de Nutrição da Universidade de Araraquara – Uniara desenvolveram receitas para festividades da época, indicadas a pessoas com restrições alimentares. A atividade, coordenada pelas professoras Graziela Alves Zanotto Lopes e Patrícia Meciano Simone Barreto, foi realizada na Cozinha Experimental da instituição. As receitas podem ser conferidas logo abaixo.

As docentes contam que as festas juninas, “celebradas no Brasil desde o século XVII, constituem a segunda maior comemoração realizada pelos brasileiros, ficando atrás apenas do carnaval”. “De acordo com os historiadores, tiveram origem no culto aos deuses pagãos, mas sofreram influências do catolicismo e, hoje, há forte associação com os santos católicos, onde os homenageados são Santo Antônio, no dia 13 de junho; São João, no dia 24 e São Pedro, no dia 29”, explicam.

As comidas típicas, segundo as professoras, tornaram-se presentes em razão das boas colheitas na safra de milho. “Com esse cereal são desenvolvidas várias receitas, como bolos, caldos, pamonhas, bolinhos fritos, curau, pipoca, milho cozido e canjica, dentre outros”, comentam.

No entanto, elas apontam que muitas pessoas possuem restrições alimentares e, com isso, nem sempre podem consumir esses alimentos. Algumas das patologias citadas por ambas são o diabetes, a hipertensão, as dislipidemias e a obesidade.

Para amenizar o problema, Graziela e Patrícia lembram que as receitas de festa junina podem ser modificadas para esse público, “substituindo, por exemplo, o açúcar por adoçante dietético, e também podem ser incrementadas com alimentos funcionais, tornando-as ainda mais nutritivas”. “Os alimentos funcionais caracterizam-se por oferecer vários benefícios à saúde, além do valor nutritivo inerente à sua composição química, podendo desempenhar um papel potencialmente benéfico na redução do risco de doenças crônicas degenerativas, como câncer e diabetes, dentre outras”, destacam.

 

Patologias

“O diabetes mellitus é uma síndrome metabólica de origem múltipla, decorrente da falta de insulina e/ou da incapacidade de a insulina exercer adequadamente seus efeitos. É produzida pelo pâncreas e é responsável pela manutenção do metabolismo da glicose. A falta desse hormônio provoca déficit na metabolização da glicose e, consequentemente, o diabetes”, esclarecem Graziela e Patrícia.

Já a hipertensão, de acordo com elas, é uma doença que acomete crianças, adultos e idosos, homens e mulheres de todas as classes sociais e condições financeiras. “Popularmente conhecida como ‘pressão alta’, está relacionada à força que o sangue faz contra as paredes das artérias para conseguir circular por todo o corpo. O estreitamento das artérias aumenta a necessidade de o coração bombear com mais força para impulsionar o sangue e recebê-lo de volta”, detalham.

Outra patologia mencionada pelas docentes é a dislipidemia, “geralmente conhecida por hiperlipidemia ou hiperlipoproteinemia, um distúrbio nos níveis de lipídios e/ou lipoproteínas no sangue”.

Por fim, Graziela e Patrícia comentam que a obesidade é caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal no indivíduo. “Para o diagnóstico em adultos, o parâmetro utilizado mais comumente é o do Índice de Massa Corporal - IMC. São muitas as causas da obesidade. O excesso de peso pode estar ligado ao patrimônio genético da pessoa, a maus hábitos alimentares ou, por exemplo, a disfunções endócrinas”, alertam.

Informações sobre o curso de Nutrição da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

 


Receitas

 

 

 

Cocada de beterraba (sem lactose/proteína do leite)

Ingredientes:
• 500g de beterraba
• 500g de cenoura
• 300g de açúcar mascavo ou açúcar cristal
• 200g de coco ralado

Modo de preparo:
• Rale a cenoura e a beterraba e reserve.
• Coloque os demais ingredientes em uma panela.
• Acrescente a cenoura e a beterraba.
• Cozinhe todos os ingredientes até dar ponto.
• Retire em colheradas, fazendo os doces separadamente.

 


Canjica funcional (sem lactose/proteína do leite)

Ingredientes:
• 500g de milho para canjica cozido em panela de pressão
• 5 unidades de leite de coco
• 1 xícara de chá de açúcar de coco ou açúcar mascavo
• 1 colher de sobremesa de gengibre ralado
• 1 colher de sopa de pasta de amendoim integral sem açúcar
• Cravo e canela em pó a gosto

Modo de Preparo:
• Deixar a canjica de molho de um dia para o outro.
• Cozinhar a canjica por aproximadamente 45 minutos.
• Acrescente todos os ingredientes em uma panela e deixe ferver por 20 minutos, mexendo sempre.

 


Pé de moleque de pistache (hipercolesterolemia)

Ingredientes:
• 1/2 xícara de chá de açúcar de coco ou mascavo
• 1/2 xícara de chá de melaço de cana-de-açúcar ou mel
• 1 xícara de chá de pistache
• 1 xícara de chá de água
• 1 xícara de chá de nozes
• Óleo para untar

Modo de preparo:
• O primeiro passo para fazer a receita de pé de moleque é colocar o açúcar, o melaço ou mel e a água na panela.
• Esquente em fogo baixo.
• Mexa algumas vezes durante 10 minutos até formar uma calda.
• Em seguida, acrescente os demais ingredientes e mexa até a mistura de seu pé de moleque engrossar e soltar da panela.
• Despeje tudo em uma forma antiaderente untada com óleo.
• Espalhe a mistura na forma e aperte bem.
• Leve à geladeira por 30 minutos.
• Para servir, corte em pedaços.

 


Pé de moleque de castanha do Brasil (hipercolesterolemia)

Ingredientes:
• 1/2 xícara de chá de açúcar de coco ou mascavo
• 1/2 xícara de chá de melaço de cana-de-açúcar ou mel
• 1 xícara de chá castanha do Brasil
• 1 xícara de chá de água
• 1 xícara de chá de nozes
• Óleo para untar

Modo de preparo:
• O primeiro passo para fazer a receita de pé de moleque é colocar o açúcar, o melaço ou mel e a água na panela.
• Esquente em fogo baixo.
• Mexa algumas vezes durante 10 minutos até formar uma calda.
• Em seguida, acrescente os demais ingredientes e mexa até a mistura de seu pé de moleque engrossar e soltar da panela.
• Despeje tudo em uma forma antiaderente untada com óleo
• Espalhe a mistura na forma e aperte bem.
• Leve à geladeira por 30 minutos.
• Para servir, corte em pedaços.

 


Bolo de fubá cremoso (sem glúten e intolerância a lactose)

Ingredientes:
• 4 ovos
• 4 xícaras de leite sem lactose ou extrato de soja
• 3 xícaras de açúcar
• 2 colheres de farinha de aveia sem glúten
• 1 e 1/2 xícara de fubá sem glúten
• 2 colheres de margarina
• 100 g de queijo ralado
• 6 colheres de sopa de coco ralado
• 1 colher de fermento em pó sem glúten
• Canela em pó a gosto

Modo de preparo:
• Em um liquidificador, misture todos os ingredientes e por último o fermento.
• Despeje a massa em uma forma untada e polvilhada com fubá.
• Asse em forno médio (180° C), preaquecido, por 50 minutos.
• Sirva frio.

 


Bolo de milho junino (sem glúten e intolerância a lactose)

Ingredientes:
• 1 xícara de leite de coco (200 ml)
• 1 xícara de fubá de milho sem glúten
• 2 ovos
• 1 xícara de açúcar de coco
• 1 xícara de milho verde
• 3 colheres de sopa de óleo de coco, de girassol ou milho
• 3 colheres de sopa de coco ralado
• 1 colher de sopa de fermento em pó sem glúten

Modo de preparo:
• Em um liquidificador, misture todos os ingredientes até obter uma consistência cremosa e por último o fermento.
• Despeje a massa em uma forma untada e polvilhada com fubá.
• Asse em forno médio (180° C), preaquecido, por 40 minutos.
• Sirva frio.

 


Cuscuz light com farinha de milho (hipertensão)

Ingredientes:
• 1 kg de farinha de milho
• 500 g de sardinha light
• 2 colheres de sopa de suco de limão
• 1/2 vidro de palmito cortado em rodelas
• 1 cebola média cortada em rodelas
• 3 tomates picados
• 5 xícaras de chá de água
• 1/2 xícara de chá de azeitona verde picada
• 4 ovos cozidos
• 4 colheres de sopa de azeite de oliva
• 1/3 de xícara de chá de salsa picada
• Sal a gosto
• Pimenta malagueta ou comari a gosto
• Pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:
• Tempere a sardinha com o suco de limão e reserve.
• Tire as sementes dos tomates e corte em cubinhos.
• Em uma panela grande, com um pouco de azeite, refogue a cebola, então adicione os tomates picados, a sardinha e os temperos a gosto.
• Cubra com 2 xícaras de água, tampe e deixo cozinhar em fogo média por cerca de 15 minutos. Reserve.
• Em uma vasilha, adicione a farinha de milho e o restante da água, e misture bem até formar uma farofa.
• Adicione a azeitona e a salsa e misture bem.
• Forre o fundo de uma forma com um furo no meio com azeitonas, tomates e palmitos, decore com os ovos cozidos cortados em rodelas e a salsa.
• Adicione um pouco da massa e, por cima, a sardinha, e repita o processo.
• Finalize com a farinha.
• Pressione levemente com as mãos e cubra com um pano de prato úmido.
• Leve à geladeira por duas horas ou até ficar firme. Desenforme e sirva.

 


Cuscuz vegetariano (hipertensão)

Ingredientes:
• 500g de farinha de milho
• 150g de grão de bico
• 1 limão espremido
• 1/2 vidro de palmito cortado em rodelas
• 1 cebola média cortada em rodelas
• 2 tomates picados
• 1/4 xícara de chá de azeitona verde picada
• 100g de proteína texturizada de soja
• 2 colheres de sopa de azeite de oliva
• 1/2 xícara de chá de salsa picada
• 2 pitadas de sal
• Pimenta malagueta ou comari a gosto
• Pimenta do reino a gosto.

Modo de Preparo:
• Inicie hidratando o grão de bico e a proteína texturizada de soja por 20 minutos em água fervendo. Escorra. Cozinhe o grão de bico hidratado na panela de pressão por 30 minutos e, enquanto isso, corte o palmito, a cebola, os tomates, a azeitona e a salsa.
• Após os 30 minutos, escorra o grão de bico e amasse-o, formando uma pasta. Em um refratário, junte o grão de bico e a proteína de soja com todos os ingredientes picados e vá acrescentando a farinha de milho até dar ponto de massa. Junte o suco do limão, acrescente 2 pitadas de sal e coloque a pimenta malagueta e a pimenta de reino á gosto. Misture bem.
• Em uma forma de buraco, coloque a massa, pressione levemente e deixe descansar, desenforme e sirva.

 


RECEITAS JUNINAS PARA O PÚBLICO EM GERAL

 


Arroz doce

Ingredientes:
• 150g de arroz
• 300ml de água
• 800ml de leite
• 200g de açúcar
• 4 colheres de sopa de linhaça

Modo de preparo:
• Colocar o arroz, a água, os cravos e a canela para cozinhar em fogo baixo e com a panela tampada.
• Quando a água secar e o arroz estiver cozido, acrescentar o leite e o açúcar.
• Quando ferver, baixar o fogo e deixar o leite engrossar, mexendo de vez em quando.
• Quando engrossar e estiver bem cremoso, estará pronto.
• Colocar em uma travessa e polvilhar canela em pó antes de servir.

 


Quentão sem álcool

Ingredientes:
• 170g de açúcar
• 1 pedaço de gengibre de 70g
• 2 unidades de maçãs
• 4 litros de água

Modo de preparo:
• Queimar o açúcar junto com o gengibre cortado em fatias.
• Acrescentar a água e as maçãs.
• Deixar ferver até o açúcar derreter.
• Coar e servir.

 


Quentão sem álcool diet

Ingredientes:
• 170g de adoçante culinário
• 1 pedaço de gengibre de 70g
• 2 unidades de maçãs
• 4 litros de água

Modo de preparo:
• Queimar o adoçante culinário junto com o gengibre cortado em fatias.
• Acrescentar a água e as maçãs.
• Deixar ferver até o adoçante culinário derreter.
• Coar e servir.

 


Paçoca de amendoim com quinoa e bolacha maisena

Ingredientes:
• 500g de amendoim (1 pacote)
• 500g de bolacha de maizena (1 pacote)
• 2 caixas de leite condensado
• 1 xícara de quinoa em flocos

Modo de preparo:
• Torrar o amendoim e triturar no liquidificador - não é necessário tirar a pele.
• Reservar em um recipiente para sovar, triturar também a bolacha no liquidificador.
• Misturar o amendoim, a quinoa e a bolacha e em seguida despejar o leite condensado, misturar tudo muito bem.
• Colocar em forma de bolo de alumínio para modelar. Se preferir ela fina, colocar em uma forma grande.
• Cobrir com papel alumínio e levar à geladeira por 2 horas para ficar com melhor consistência, mas não é necessário, pois quando terminar, ela estará ótima para ser servida.

 

 

Bolo de pipoca doce

Ingredientes:
• 3 colheres de óleo
• 3 xícaras de café de milho de pipoca
• 3 xícaras de café de açúcar
• 1 xícara de café de água
• 2 colheres de sopa de corante alimentício da cor da sua preferência ou chocolate

Modo de preparo:
• Coloque o óleo na pipoqueira.
• Coloque a pipoca, a água, o açúcar e o corante.
• Mexa para misturar bem os ingredientes.
• Vai formar uma calda, continue mexendo até começar a estourar e não pare de mexer para a calda pegar nas pipocas estouradas.
• Isso vai demorar uns 15 minutos.
• Pegue uma forma de pudim, passe água dentro e coloque a pipoca depois de pronta, apertando com uma colher.
• É só desenformar e está pronto seu bolo de pipoca.

Obs: pode-se fazer uma calda com morangos e chia, e coloca-la por cima do pedaço de bolo de pipoca.

Últimas notícias:

Busca

Assessoria de imprensa
assimprensa@uniara.com.br
16 3301 7142
Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /