Ageuniara

Falta de ciclovias prejudica ciclistas de Araraquara

Por: TALISSA FÁVERO GOUVÊA

03/06/2016

A falta de ciclovias na cidade tem afetado a vida de muitos cidadãos de Araraquara. Bruno Pinheiro Ivan, servidor público e ciclista há mais de dez anos, comenta que há poucos dias sofreu um acidente de trânsito envolvendo um carro. “O carro fez uma conversão brusca em cima de mim e bateu na roda da frente da bicicleta. Por sorte eu caí em pé e só machuquei um pouco a canela. O carro estava numa faixa que não permitia a conversão e não sinalizou o movimento. Fiquei com muita raiva na hora”.

Esse acidente é um dos casos que poderia ter sido evitado caso houvesse áreas específicas destinadas aos ciclistas. Atualmente, existem apenas duas ciclovias na cidade, uma localizada no bairro Vale do Sol e outra no Parque São Paulo. Milton Domingues Júnior, engenheiro civil e gerente de planejamento da Secretaria de Trânsito e Transportes, explica que há 12 anos houve um planejamento municipal para a implantação de ciclovias nas áreas mais frequentadas por ciclistas, porém o projeto não pôde se concretizar por falta de dinheiro no caixa da Prefeitura. “Existe planejamento e estrutura, porém a falta de verba foi o principal motivo para que não houvesse a concretização desse projeto.”

Milton também  acha importante que existam ciclovias na cidade e, além disso, que haja incentivo e educação de trânsito para adultos e até crianças.

De acordo com Bruno, “a ciclovia é a maior garantia de segurança que um ciclista pode ter. Se queremos incentivar que as pessoas adotem bicicletas como meio de transporte, devemos fazer ciclovias na cidade.” Para ele, os benefícios para a saúde, para o meio ambiente e até mesmo na diminuição no tráfego de carros são ótimos motivos para o incentivo desse meio de transporte. “A falta de ciclovias acaba incentivando comportamentos ruins dos ciclistas, como trafegar nas calçadas. Os que fazem isso estão errados, mas um poder público que tão pouco faz pelos ciclistas não está em posição de exigir nada deles.”

O secretário de planejamento não deu nenhuma previsão de quando outras ciclovias poderão ser instaladas na cidade.

Ciclovia X ciclofaixa

A diferença entre os termos é que a ciclovia define uma via exclusiva para os ciclistas e há uma separação física isolando os ciclistas dos demais veículos. Já as ciclofaixas são espaços pintados na rua sinalizando onde os ciclistas devem circular e que podem dividir espaço com outros usuários, como as motos e os automóveis.

Em 2014, a Prefeitura de Araraquara inaugurou uma ciclofaixa, que funcionava somente aos domingos, na avenida Maria Antônia de Camargo Oliveira (Via Expressa) e o projeto foi mantido por apenas seis meses. Desativada no início de 2015 por falta de verbas, a ciclofaixa na Via Expressa não funciona desde então.

(Publicada em 3/6/2016 - 19h23)



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/