Ageuniara

Pesquisadores da USP de São Carlos estudam sistema de drenagem de água pluvial

Por: CARLOS DE MELO RODRIGUES

18/03/2016

Pesquisadores da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da Universidade de São Paulo (USP) estudam um sistema de drenagem e filtração de água da chuva para evitar enchentes, a chamada bacia de biorretenção.

Conhecido também como Sistema Alternativo de Drenagem Urbana, ele funciona como uma miniestação de tratamento e foi desenvolvido para evitar alagamentos. Muito utilizado em países como a Austrália, França, Alemanha e alguns da Europa, no Brasil a tecnologia está em fase de estudo.

Um dos pesquisadores, a aluna Marina Batalini de Macedo, conta que o sistema foi desenvolvido pelo Núcleo Integrado de Bacias Hidrográficas da USP. E que o desenvolvimento para a construção da bacia se deu em dois anos, devido a problemas com a liberação da prefeitura para a construção do sistema no campus.

Marina diz ainda que o principal diferencial deste sistema é a diminuição das enchentes e a poluição dos rios. “Atualmente alguns documentos da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos falam que uma das principais causas de poluição nos rios urbanos, além do lançamento de esgoto, é a poluição vinda das aguas pluviais”.

Como funciona

A água da chuva passa pela estrutura que retém os poluentes e materiais sólidos, depois ela vai para um solo especial com brita e areia, que faz a drenagem e posteriormente é mandada para os rios através do lençol freático.

Marina explica que o ideal seria que cada pessoa pudesse construir  a sua própria bacia de biorretenção em casa, no que é chamado de nível de escala de lote. Neste caso cada pessoa desembolsaria cerca de R$ 5 mil para construir sua bacia de biorretenção.

Para uma prefeitura o necessário seria construir o dispositivo no nível de micro drenagem,  com maior capacidade, de até 250 mil litros de água, e pode custar de R$ 20 mil até R$ 30 mil. O sistema pode durar 20 anos sem manutenção, completa Mariana.

(Publicado em 18/3/2016 - 21h47)



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/