Ageuniara

Aluna da Uniara ganha destaque no Karatê

Por: FELIPE DE ALMEIDA SILVA

20/03/2015

Uma jovem de 18 anos e de olhos verdes , Yasmin Nunes Costa, é aluna de Educação Física na Uniara. Pela descrição é difícil de imaginar que seja faixa preta de Karatê, tendo disputado diversas competições nacionais e internacionais.

Yasmin começou a lutar aos 4 anos de idade por recomendações médicas para um melhor desenvolvimento e crescimento físico. Sua primeira competição foi no ano de 2002, aos 6 anos de idade, na cidade de Boa Esperança do Sul/SP, tendo ficado em segundo lugar no Shiai (luta) e terceiro lugar no Kata (movimentos de luta, sem disputa com adversário direto), que são categorias de luta do Karatê.

No ano de 2013 ficou em terceiro lugar no campeonato brasileiro de Karatê. Graças a esse desempenho, a partir deste ano, 2015, passou a receber a Bolsa Atleta Federal, no valor de R$ 985. Porém esse dinheiro só pode ser usado em competições, para custeio de alimentação, viagens e hospedagem. Fora essa ajuda de custo recebe, às vezes, ajuda de um vereador da cidade de São Carlos, que intervém na prefeitura para conseguir alguma verba para competir, mas essa ajuda não é frequente.

O Karatê não é um esporte tão popular no Brasil e exatamente por isso encontra tantas dificuldades para encontrar algum patrocinador. Yasmin tem que ter certa flexibilidade, pois a maioria das competições ocorrem durante o final de semana. Como ela tem aula aos sábados, às vezes tem que escolher entre a competição e a faculdade.

Questionada sobre o porquê do Karatê ainda não ser um esporte olímpico, explica que a luta tem vários estilos e por isso  ainda não é considerado um esporte olímpico. Para a lutadora seria interessante o Karatê estar nas Olimpíadas, pois assim, seria popularizado no país, teria mais adeptos e ajudaria lutadores que,  a exemplo dela, encontram dificuldade para fazer o que gostam, que é lutar e competir.

Yasmin participou do projeto Criança no Esporte na cidade de São Carlos no bairro de Vila Isabel, dando aulas de Karatê para crianças carentes. O projeto durou seis meses. Diz ter gostado de poder ajudar crianças, pois dessa forma pode-se descobrir novos talentos e tirar crianças das ruas e das drogas.

A próxima competição que disputará acontecerá em São Paulo no dia 4 de abril, as finais do Campeonato Paulista. A karateca é filiada à Federação Paulista de Karatê e à Federação Brasileira de Karatê, o que possibilita que represente o Estado de São Paulo e o Brasil em competições nacionais e internacionais. Para manter o alto nível de competição, Yasmin treina de segunda a sexta, uma hora e meia todos os dias.

Os níveis de treinamento e competições acabam deixando algumas sequelas, como maxilar deslocado, nariz quebrado e os dois joelhos deslocados.  Apesar de tudo, diz sentir prazer em lutar e se sente tranquila quando luta.

Yasmin participa de competições há 13 anos,já conquistou ao todo 160 títulos entre competições individuais e por equipe. Hoje luta na categoria sub-21 que é de 18 a 20 anos, menos de 55 kilos, de faixa roxa a preta, luta também na categoria sênior (adulto) de 18 a 34 anos, menos de 55 kilos, de faixa roxa a preta.

PRINCIPAIS TÍTULOS

Dentre os títulos conquistados, alguns que merecem destaque são:

Campeã de Campeonatos de Paulista Zonal; bicampeã final do campeonato paulista (Valinhos/SP); campeã da Copa Wada (São Carlos/SP); campeã da Copa Metropolitana Categoria Adulto (18-34 anos); campeã Jogos Regionais (Lins/SP) na categoria Adulto (18-34 anos); vice campeã brasileira Zonal (São Paulo/SP), categoria Sub-21;  vice campeã universitária (São Paulo/SP) categoria Open; vice campeã por equipe (Brasília/DF), categoria Open; vice campeã paulista zonal (São Paulo/SP), Sub-21; vice campeã paulista final (Valinhos/SP) categoria Sub-21; terceiro lugar por equipe Jogos Regionais categoria Open; terceiro lugar brasileiro zonal (Maceió/AL) categoria Jr (16-17 anos); terceiro lugar brasileiro final (Fortaleza/CE) categoria Jr (16-17 anos).

(Publicado em 20/3/2015 - 19h50)



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/