Ageuniara

Museu realiza exposição sobre Folclore em Araraquara

Por: RAMIZ PIZZELLO ZOGHEIB

03/09/2014

Em decorrência do dia do folclore, que é comemorado em 22 de agosto, o Museu Histórico e Pedagógico Voluntários da Pátria, de Araraquara(SP), em parceria com a Secretaria Municipal da Cultura e da Fundação de Arte e Cultura de Araraquara (FUNDART), está com a exposição “Folclore” que vai de 11 a 30 de Agosto, sendo a entrada gratuita.

A exposição é constituída por diversos objetos que fazem parte do folclore brasileiro como: colheres de pau, palmatórias, monjolo, entre outros. Conta também com informações sobre o tema, além de contos de lendas, cantigas, superstições e outras atividades.

O folclore diz respeito a todo o conhecimento ou saber tradicional de um povo e associado à cultura popular possui várias interpretações, sendo associados a vários elementos culturais como cultura legítima das classes populares e também à luta de classes, já que a cultura popular aparece adversa à cultura da classe dominante.

A doutora em sociologia, Rogéria Antunes, explica como a área retrata o folclore. “Do ponto de vista sociológico, o folclore é a parte inerente da cultura popular, já que a própria palavra folclore diz respeito ao conhecimento ou saber tradicional de um determinado povo. Até meados do século XIX, acreditava-se na ideia de hierarquização cultural, sendo que a cultura europeia era considerada superior e mais adequada. Esta visão foi influenciada pelo Positivismo, o que favoreceu a construção de um discurso ideológico etnocêntrico”.

Ela explica que os trabalhos etnográficos mostraram a arbitrariedade desta concepção, pois passaram a registrar as manifestações culturais em âmbitos específicos. “A partir do século XX, a cultura e, portanto, a cultura popular e o folclore só podem ser interpretados a partir do olhar dos nativos da própria cultura. Isso significa que uma manifestação pode ser considerada absurda ou ‘atrasada’ do ponto de vista daqueles que não a vivenciam, ou seja, do ponto de vista daqueles que não conseguem compreender a rede de significados construídos em outros universos culturais que não se identificam.”

A dona de casa, Marcia Cristina, ressalta a importância do folclore brasileiro, “Considero o folclore importante, pois é uma parte da cultura brasileira que tristemente está sendo cada vez mais esquecida, menos mencionada, e considero essa perda, caso ocorra, um grande desperdício, já que o folclore representa a sabedoria popular e também o nosso país.”

O Museu Histórico e Pedagógico Voluntários da Pátria está localizado na Praça Pedro de Toledo, s/nº, no centro da cidade. Os interessados poderão visitar o Museu às segundas-feiras das 13 às 18h, de terça à sexta-feira das 9 às 12h e das 13 às 18h, e aos sábados das 9h às 12h. Lembrando que a visita feita por grupos de pessoas é necessária a realização de agendamento prévio através do telefone (16)3322-4887.

(Publicado em 20/8/2014 - 19h57).

 

 



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/