mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Nutricionista esclarece se açúcar envelhece a pele

Por: RAÍSSA DE AZEVEDO VITULLI

10/10/2012

Segundo matéria publicada pela revista feminina Boa Forma, em uma pesquisa foi dito que o açúcar envelhece a pele. Será que realmente é verdade? O que poderá ser feito para evitar isso?

A nutricionista do Centro de Estética Fisioforma,de São Carlos(SP),Vivian Amin, especializada em Nutrição Funcional,esclarece as principais dúvidas.

Segundo ela, para consumidores de açúcar, principalmente o chocolate em excesso, o processo é levar sim a um envelhecimento da pele bem mais cedo do que se imagina.

De acordo com Vivian, a realidade é que o açúcar tem o poder de modificar a elasticidade da pele. “A molécula AGEs (Advanced Glycosylation End Products),forma uma rede e vai ao encontro de qualquer célula do corpo. Esta molécula fixa-se na membrana, o que deixa as células caramelizadas. Este processo dificulta a renovação dos tecidos. É o mesmo processo no envelhecimento”, explica.

A nutricionista completa que o consumo excessivo de alimentos ricos em IG (índice glicêmico)é outros fator determinante. "Essas fibras de colágenos ficam endurecidas o que traz rugas e flacidez para a pele. O processo é que as fibras de colágenos deslizam umas sobre as outras e se esticam”,informa.

Ainda existem mais efeitos negativos na alimentação a base de glicose em excesso. "A glicose, por ser uma fonte de energia, não consegue entrar na célula e, com isso, nos sentimos fracos, sem disposição para atividades físicas e o sono fica muito ruim”, observa.

Como o chocolate é o açúcar favorito de maioria, existem certos cuidados que todos devem ter. De acordo com a nutricionista, o primeiro passo é ter uma redução alimentar, para isso não é preciso sanar tudo do prato. "Para mudar totalmente o hábito de comer errado aposte em pequenas porções e preste atenção no índice glicêmico dos alimentos, dê preferência a massas integrais", diz.

“A redução alimentar nada mais é que adotar uma rotina regular, obedecendo aos horários corretos das refeições e controlar vícios e exageros”, salienta.

Para ter uma vida saudável e com beleza, a “dieta” se resume em dois princípios: qualidade e quantidade de alimentos ingeridos. “É impossível banir o doce, o legal é moderar”, comenta.

O advogado aposentado Laucir Alberto, 64, que é pré-diabético dá um exemplo positivo e comenta sua alimentação. “ Diabetes é uma doença que deixa a gente viver normamente, mas é preciso se controlar, principalmente na bebida alcoólica que mais aprecio. O pão também é difícil, mas é preciso se adaptar e viver como qualquer outro”, comenta.

Dicas

Vivian dá algumas dicas que ajudam a começar uma vida mais saudável e evitar taxas exageradas de açúcar:

Primeiramente selecione massas integrais, mas consuma alimentos de todos os grupos, como: proteínas, fibras e carboidratos (moderadamente).

Evite jejum prolongado e consuma alimentos de em média três horas em pequenas porções.

Quer doce? Coma, em pequenas quantidades depois do almoço.

Prefira alimentos crus, quanto mais cozido maior é o IG (Índice glicêmico).

Faça exercícios e beba muita água ( recomendável 8 a 10 copos por dia).

Fonte: Vivian Amin, nutricionista do Centro de Estética Fisioforma de São Carlos e especialista em Nutrição Funcional.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/