mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Monte Alto é a segunda maior produtora de cebola do Estado de São Paulo

Por: BRUNA FERNANDES GALO

03/05/2012

O município de Monte Alto (SP) possui aproximadamente 350 propriedades agrícolas que produzem a cultura da cebola e cerca de 1.200 hectares de área ocupada com a hortaliça, segundo estimativa do Sindicato Rural da cidade.

A explicação contida em que se refere à importância da cidade na plantação da cebola, é que em meados de 1965, Tomeo Fugita e seu filho o empresário Kogi Fugita iniciaram com uma nova alternativa que foi o plantio de cebola, até então desconhecido para os produtores.

Nessa época de 1965 predominava entre os agricultores da cidade o plantio de tomate, devido à existêncai de fábricas como CRAI e CICA, e o de mamão, devido o mercado da cidade de São Paulo.

Com o plantio da cebola pela família Fugita dando certo, outros agricultores foram plantando e com isso hoje o município planta 1.200 hectares.

Um cebolicultor da cidade (que prefere o anonimato), diz que na última safra de 2011 a cidade produziu 60 mil toneladas de cebola e ressalta que Monte Alto possui 83% de sua área rural com propriedades com menos de 56 hectares.

O custo total de um hectare (dez mil metros quadrados) de cebola é de R$ 12 mil reais, e conforme a produção que é muito variável devido a vários fatores como pragas, doenças e clima, os produtores podem ter lucro ou prejuízo.Quando a saca de 45 quilos de cebola é acima de R$ 20,00, o produtor tem lucro.

O Sindicato Rural de Monte Alto tem a acordo de livre mercado do Mercosul com a Argentina, Paraguai e Uruguai. Quando falta cebola nesses países mandam para lá e também para o Chile que não faz parte do Mercosul.

As cidades em que a cebola é encaminhada são praticamente as capitais como Buenos Aires (Argentina), Assunção (Paraguai) e Montevidéu (Uruguai).

Segundo o produtor de cebola e proprietário do Sítio São Benedito, onde está localizada a maior produção de cebola da região, Carlos Roberto Machado Fumes, o ciclo da primeira safra vai de março a setembro, enquanto a última pode ser plantada entre abril e junho, para ser colhida em setembro ou outubro. “Com este sistema, conseguimos obter uma média anual satisfatória de preço”, afirma Fumes.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/