mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Joelho é a região mais afetada em acidentes com caçambas

Por: GIANFRANCESCO ROCHA BARIANI

24/06/2011

O joelho de motociclistas é a região do corpo que mais sofre danos em colisões com caçambas. Em Jaboticabal, a má sinalização e localização das caçambas são fatores que ajudam nos acidentes de trânsito.

De acordo com o ortopedista, Dr. Marco Antonio Gaglianone, as lesões mais frequentes são fraturas e ligamentos do joelho. “Quando o há o impacto entre a moto e a caçamba, o motorista é arremessado e a queda de mau jeito provoca lesões”, disse o médico.

Marco Antonio ainda ressaltou que as lesões com caçambas são uma das mais graves. “Já tive pacientes que no choque com a caçamba, acabou perdendo os movimentos do braço”, ressaltou Gaglianone. O fato mais grave ocorrido na cidade foi em 2008, quando um motociclista se chocou com uma caçamba e teve uma das pernas amputadas.

Apesar do grande número de acidentes de moto, a Polícia Militar de Jaboticabal não registrou ocorrências neste ano. Segundo o cabo PM Marcos Eduardo Fiorentini, são poucos os boletins de ocorrência que apresentam acidentes com caçambas. “São feitos alguns boletins de ocorrência de acidentes no perímetro urbano, mas nenhum que envolvesse caçambas”, disse Fiorentini

O Prefeito de Jaboticabal, José Carlos Hori, explicou a situação das caçambas da cidade. “A noite tem caçambas que ninguém vê e só vai perceber sua presença quando está a dois metros dela”, explicou Hori.

Sobre a localização das caçambas, Hori explicou ser um problema administrativo. “Às vezes o motorista deixa inadequadamente no local, agora o proprietário e a fiscalização da prefeitura devem estar atentos a isto”, disse o prefeito.

Em abril foi realizada, na Câmara Municipal, uma reunião com todos os proprietários de caçambas na cidade para esclarecer a situação e exigir a regularização das caçambas. O Prefeito ainda concluiu que os proprietários voltarão a receber notificações e serão fiscalizados nos próximos dias.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/