mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Cerca de 30 dos 200 animais abandonados já foram adotados

Por: PAULA DOS SANTOS

03/06/2011

Após a morte da aposentada Beth, que cuidava de 160 cachorros e 40 gatos em Araraquara, um grupo de voluntários se uniu para encontrar novos donos para os animais; eles se dividem em grupos e alimentam e cuidam dos bichos.

No final de maio, Elisabeth Aparecida Câmara, também conhecida como Dona Beth, faleceu devido a um acidente vascular cerebral (AVC). A aposentada de 62 anos criava 200 animais em Araraquara; 160 cachorros e 40 gatos. Ela dedicava cerca de oito horas do seu dia para cuidar dos animais e usava dois terços da aposentadoria para cuidar deles. Após sua morte, o bichos ficaram órfãos e precisam de um novo lar.

Os animais ficaram órfãos, mas não sozinhos. A Associação Araraquarense de Proteção aos Animais (AAPA) e os Defensores dos Direitos dos Animais (Dedia) se uniram para cuidar deles e doá-los. Além destes grupos, vários voluntários se propuseram a ajudar e então se formou um grupo para resolver o problema do abandono.

Foram criados sete grupos de trabalho, sendo que cada grupo tem entre cinco e sete integrantes. Os voluntários se revezam e vão na chácara onde vivem os animais para alimentá-los, limpar o local e cuidar deles. Em paralelo, várias ações são feitas para doar os gatos e cachorros.

A equipe levou os animais da Beth - como são conhecidos - e outros animais abandonados para uma Feira de doação no Supermercado Ricoy, no último sábado. Porém, somente alguns deles conseguiram um novo dono. Quatro gatos foram levados e somente dois foram doados. Entretanto, outras feiras estão sendo planejadas e muitas pessoas procuram os responsáveis para adotar um animal. No total, dos duzentos animais abandonados, cerca de 30 já foram doados, segundo a responsável da AAPA, Carla Gait Vieira.

Segundo Carla, qualquer um pode adotar um dos animais, mas é preciso se comprometer a cuidar. “Nós queremos alguém que cuide do animal, que não vá abandonar nem maltratar, alguém de bem, pois se for para não cuidar, é melhor que ele fique na mão dos voluntários que gostam dos cachorros e gatos e podem ajudar”, disse ela.

Para alimentar os animais, os voluntários estão aceitando doações. Para aqueles que forem doar dinheiro, será feito um documento com o nome do contribuinte, a quantia doada, o que foi comprado com o valor e a nota dos produtos. Todas essas informações serão disponibilizadas em um site feito especialmente para os animais da Beth, o “Bichos e Caprichos”: www.bichosecaprichos.org.

Para os que quiserem doar ração, pede-se que seja da marca Herói, para que os animais não sofram com a diferença do produto e não tenham problemas gastrointestinais. Uma casa agropecuária, perto do Palmeirinhas, está vendendo o pacote de 15 Kg a preço de custo para aqueles que forem doar para os animais da Beth. O preço normal é R$ 48, mas o proprietário da casa de ração está disponibilizando por R$ 33 para ajudar os bichos.

Além do site da ONG da Beth, que ainda está em construção, também existe o site da AAPA (www.aapanimais.com.br) e da Dedia (www.dedia.com.br) que estão à disposição daqueles que quiserem ajudar ou obter mais informações. Todos os animais são castrados e estão prontos para serem doados. Quem quiser entrar em contato com a AAPA, pode ligar no (16) 3214-6543 ou falar diretamente com a responsável Carla pelo celular (16) 9704-0593.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/