Ageuniara

Caroneiros de São Carlos possuem a maior comunidade do País

Por: LUAN EMÍLIO FAUSTINO

28/09/2010

Com mais de 6.500 membros, a comunidade composta em sua maioria por estudantes da Universidade de São Paulo(USP) e Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), funciona há mais de seis anos utilizando a rede social do Orkut para promover e facilitar as caronas intermunicipais.

Ao entrar na comunidade, o visitante se depara com a seguinte descrição: “Para os quase infinitos estudantes na Cidade do Clima, revoltados com o falho sistema rodoviário ou simplesmente desejando facilitar a vida, dele e dos outros. Procure e ofereça caronas aqui!”.

A proposta simples e objetiva atraiu um fluxo de pessoas que esta crescendo a cada dia. Ganha quem oferece a carona que irá reduzir os seus custos com gasolina e o pedágio e também ganha o caroneiro que, em média, costuma desembolsar menos que a metade do valor que seria gasto caso ele optasse pelos serviços dos ônibus rodoviários.

O estudante do curso de Imagem e Som da UFSCar, Alison Henrique Nasario, de 21 anos, é usuário assíduo da comunidade e costuma economizar cerca de 50% com as viagens entre São Carlos(SP) e Franca(SP) sua cidade natal.“A comunidade é uma mão na roda, no começo fiquei meio receoso com a ideia de pegar caronas com estranhos, mas depois a gente acostuma e até estabelece vínculos para futuras caronas do mesmo percurso”.

Do outro lado dessa via de mão dupla, a caroneira Simone Estevo, de 28 anos, oferece caronas há mais de quatro anos e considera a iniciativa ecologicamente correta.“Se mais pessoas aderissem à comunidade e deixassem seus carros em casa para utilizar o sistema de caronas, o planeta seria o principal beneficiado, pois diminuiria o índice da emissão do gás carbônico que contribui entre outras coisas, para o aquecimento global”, afirma a estudante do curso de Biologia da UFSCar.

Mas, alguns cuidados são necessários na hora de agendar sua carona, uma pesquisa sobre o histórico de viagens do caroneiro com os demais integrantes da comunidade pode evitar sustos como o que o estudante Alison Henrique viveu.“Já passei por um grande mal estar quando o motorista que me cedeu carona começou a dirigir acima da velocidade permitida”.

Os destinos das viagens são os mais variados, porém cidades como São Paulo, Campinas e Ribeirão Preto são as mais requisitadas. Também são ofertadas na comunidade viagens de volta para São Carlos de várias cidades diferentes.

Se você ficou interessado em participar da maior comunidade de caronas do país, acesse o link a seguir e boa viagem: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=165717



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/