202009250154

mostrar mensagem ]

AVISO DE PRIVACIDADE

A proteção dos seus dados pessoais é importante para nós. Adotamos as melhores técnicas para deixar esse site seguro. Estamos atualizando nossa política de privacidade e termos de uso do site. Em breve, ela estará aqui para você saber o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Novo projeto para o trevo em São Carlos será entregue neste mês

Por: EVERTON SCHEFER

21/03/2009

Moradores, comerciantes e usuários do trevo sofrem com a paralisação da obra no acesso a São Carlos, no Km 310 da rodovia Washington Luís.

A remodelação do trevo de acesso ao Jardim Tangará pela Rodovia Washington Luiz (SP-310), ainda está parada. A obra foi lançada em abril de 2007, iniciada em janeiro de 2008 mas em abril do mesmo ano foi paralisada. Quando a obra teve inicio, o investimento previsto era de R$ 6 milhões, mas com a paralisação os custos devem aumentar, prevê a concessionária Triângulo do Sol, responsável pelo serviço.

A paralisação da obra se deve a um projeto que preserva uma área institucional localizada no lado Sul. Segundo a assessória de imprensa da concessionária Triângulo do Sol, o projeto que foi feito não infringia a lei dos mananciais, e que a nascente citada estava a 70 metros do sistema viário projetado inicialmente. Entretanto, DEPRN (Departamento Estadual de Proteção aos Recursos Naturais) não liberou a obra, alegando que a mata primitiva seria atingida, prejudicando a nascente do córrego Ponte de Tábua.

A concessionária fez a proposta de fazer o plantio e manutenção de mudas em outra área, em quantidade, tamanhos superiores e em conformidade com a legislação vigente. A Promotoria do Meio Ambiente, juntamente com o DEPRN, diz que o desmate da área, mesmo sendo um plantio recente, causaria grande dano ambiental ao município.

Com esses problemas que estão acontecendo com a obra, os mais afetados são os moradores do bairro, obrigados a fazer um desvio para poder chegar a suas casas. Os comerciantes da região também estão ansiosos com a resolução do problema, pois as vendas diminuíram muito após a paralisação.

O segundo projeto apresentado pela concessionária não foi bem recebido pelos moradores e pela ARTESP, que cobraram uma solução mais adequada para a circulação, incluindo alças de acesso.

A concessionária Triângulo do Sol diz que para a construção de alças de entrada para os bairros, seriam necessários mais 6.800 metros quadrados, alem da faixa de domínio, e que a desapropriação é de responsabilidade da prefeitura de São Carlos. Segundo à assessoria da concessionária, o novo projeto deve ser entregue no final deste mês.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/