mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Projeto Guri completa dois anos em Bocaina

Por: RAFAEL DA SILVA PELOSO

19/08/2008

O programa do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com as Prefeituras Municipais, que oferece aulas de música gratuitas para jovens de 8 a 18 anos, existe desde 1995. A unidade de Bocaina completou dois anos em julho.

O Projeto Guri é uma parceria dos governos estadual e municipal. O governo estadual oferece instrumentos musicais e professores e cabe ao município oferecer um local adequado para as aulas. São 384 pólos espalhados por todo o estado de São Paulo.

Em Bocaina, o pólo foi inaugurado em 11 de julho de 2006. Está localizado na Casa da Cultura da cidade e atende 40 jovens de 8 a 18 anos. São três cursos: percussão, violão e canto coral; sendo 18 vagas no curso de percussão, 20 vagas no curso de violão e 20 vagas no curso de canto coral.

Os jovens são divididos em duas turmas por curso. A primeira turma recebe os conceitos básicos sobre o instrumento escolhido ou o canto e tem o primeiro contato com a música; são os iniciantes.

Após a primeira etapa, os alunos continuam o curso na Turma B. Nessa etapa, os guris continuam tendo aulas e ganham uma hora para ensaio. “A troca de turma depende da progressão do aluno, não há um tempo padrão para permanência em cada turma”, explica Daniela Aparecida Parizotto, coordenadora do Projeto Guri em Bocaina.

Para participar do Projeto Guri é necessário estar freqüentando a escola e ter boas notas. “Todo bimestre nós pedimos o boletim dos jovens; aquele que tira notas abaixo da média por dois bimestres seguidos, infelizmente, é impedido de participar do programa”, diz Daniela.

Além de ensinar música aos alunos, os professores do Pólo Bocaina também se preocupam em formar cidadãos. “Às vezes a criança faz muita bagunça na escola ou tira notas baixas, porém ela gosta de música e nós, como educadores, devemos torná-la um cidadão com a ajuda da música”, relata Carlos Borim, professor de percussão.

O cronograma do Projeto Guri é determinado pela matriz de São Paulo. Todo ano é obrigatório pelo menos uma apresentação, geralmente no encerramento das atividades. Porém, cada pólo tem a liberdade de fazer outras apresentações quando desejarem. “Nós, do Pólo Bocaina, iríamos nos apresentar em julho, para comemorar dois anos, mas os alunos ainda não estão preparados. Então, nos apresentaremos no Dia das Crianças”, justifica a Coordenadora.

Para participar do programa é necessário que o interessado tenha entre 8 e 18 anos, esteja matriculado em escola regular, cópia da certidão de nascimento ou do RG, comprovante de residência e autorização do responsável. Os instrumentos são fornecidos pelo Projeto e as aulas acontecem 3ª e 5ª feiras, das 8 às 11 horas, na Casa da Cultura.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/