mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Lar da Criança Renascer passa por dificuldades

Por: FERNANDA MONT ALVÃO MORAIS

30/09/2005

O Lar da Criança Renascer, de Araraquara(SP),fundado em 1998 por um casal que perdeu seus filhos,é uma a instituição que abriga crianças de 0 a 14 anos. Atualmente, abriga 32 crianças e tem 17 funcionários, vive de algumas verbas que são repassadas pelo governo, mas a ajuda maior vem de doações que são feitas pela comunidade, empresas, escolas, médicos, dentistas e principalmente voluntários.

Um exemplo disso é o Dr. André Cunha, que é dentista de Américo Brasiliense (SP), trabalhou um determinado tempo sem remuneração e somente depois veio a ser remunerado pelo seu serviço, atendendo na clínica do próprio orfanato uma vez por semana. Ele também arrecada remédios para o orfanato e presta serviço aos funcionários.

Ao passar pelo Conselho Tutelar e cadastrar-se no Fórum, a criança é encaminhada para a instituição onde é recebida pela assistente social. Em seguida, esta é encaminhada para a Psicóloga, Dra. Érica Arroyo Razuk, que faz uma avaliação psicológica para depois encaminhá-la a sua mãe social.

Segundo a Dra. Érica, a mãe social exerce um papel muito importante para a resocialização e ainda diz que tentam colocar na mente das crianças uma coisa que elas nem sabiam que existiam: o amor. Porém, esse convívio é bem controlado para que futuramente, isso não se torne mais uma perda para a criança, afinal um dia, não se sabe quando, esta com certeza deixará o orfanato.

O trabalho feito no orfanato tem como objetivo oferecer para as crianças higienização, alimentação e educação. A psicóloga e a assistente social fazem um trabalho de conscientização com as crianças a respeito de drogas, prevenção de doenças, pois o número de adolescentes no orfanato é maior e, por isso, a preocupação é mais intensa.

Tudo é bem controlado, existem regras e normas a serem seguidas lá dentro, tanto para as crianças e os adolescentes,quanto para os funcionários. A Dra. Érica insiste em fixar que o orfanato é uma instituição filantrópica, portanto não visa lucros e está passando por dificuldades financeiras e para a manutenção do trabalho social, ela faz um apelo à comunidade que façam doações ou que ofereçam trabalho voluntário.

As pessoas interessada em fazerem suas doações devem ligar para o orfanato no telelefone (016) 3332 8070 e 3322 7154



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/