mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Dengue preocupa Vigilância Sanitária em Pirangi

Por: PABLO GONZALEZ DE SOUZA

21/05/2005

A Vigilância Sanitária de Pirangi (SP) informou,esta semana, que o município já tem 20 casos de dengue confirmados. De acordo com a Vigilância, o foco do mosquito teve inicio na região central da cidade e depois foram identificados novos casos em bairros isolados.

Segundo a coordenadora da Vigilância Sanitária de Pirangi, Marilei Lavorini Garcia, "a SUCEM está realizando a pulverização residencial, orientando os moradores sobre o bloqueio de criadouros do mosquito. Essas orientações também estão sendo feitas nas escolas e empresas da cidade”, informa.Ela ressalta que os 20 casos confirmados, não podem ser interpretados como uma epidemia da dengue na cidade.

Marilei, diz que o tratamento com as pessoas picadas estão sendo feitos em casa, apenas recomendando-se repouso e evitando-se medicamentos à base de ácido acetil salicílico, como aspirina, AAS , e melhoral.

Ela lembra que as pessoas, picadas pelo mosquito, devem ingerir líquidos em abundância, principalmente com vitamina C , devido a baixa resistência que o organismo da pessoa fica após alguns dias da picada.

Segundo Marilei, o mosquito Aedes aegypti, como é conhecido, tem por hábito picar as pessoas,durante o dia, e se desenvolve em água parada e limpa. “ A melhor maneira de prevenir a dengue é impedir a reprodução do mosquito”, diz.

“O mosquito procura água acumulada para colocar seus ovos em recipientes como pneus, latas , garrafas plásticas , vasos de plantas, caixas d’água destampadas e piscinas não tratadas entre outros”, ressalta ela.

Segundo Paulo Roberto Cardoso, uma das vítimas do mosquito da dengue,“as pessoas devem se preocupar mais com a doença pois os sintomas são muito desagradáveis como dor no corpo, febre alta , muita dor de cabeça, cansaço e muita indisposição”.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/