Ageuniara

Patrimônio araraquarense começa a ser restaurado

Por: JULIANA MARIA PAGANELLI

20/09/2004

Começou a ser restaurado o Palacete São Bento, um dos principais projetos arquitetônicos históricos de Araraquara(SP). Será feita as obras de fundação, restauro de piso e paredes e pintura geral.

A Câmara Municipal já desativou o Palacete desde outubro do ano passado, quando os seus problemas estruturais chegavam a impedir seu funcionamento com segurança, oferecendo risco de vida para as pessoas que utilizavam o prédio.

O local preferido dos vereadores para instalar a nova Câmara seria o Tropical Shopping, mas como o valor do prédio estava muito caro, acabou sendo construído um novo edifício para que pudessem dar continuidade aos seus serviços.

O Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arquitetônico, Artístico e Cultural do Estado de São Paulo(Condephaat) solicitou que o local fosse reformado com urgência.

Em junho passado, o projeto de restauração tanto do Palacete São Bento, quanto do prédio da Casa da Cultura e da Praça Santos Dumont, foi enviado ao Programa Nacional de Apoio à Cultura(Pronac), do Ministério da Cultura e foi aprovado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional(IPHAN) e pelo Conselho do Ministério da Cultura e teve posterior publicação no Diário Oficial da União(DOU).

Depois que foi aprovado pelo Conselho do Ministério da Cultura, a ONG "Araraquara Viva" e a prefeitura, que estão em parceria nesse trabalho, começaram a captar recursos para as obras e foi marcada a data da licitação, para a contratação de uma equipe especializada.

Segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, o custo oficial do projeto foi estimado em R$350 mil, mas o serviço está sendo realizado pela Ytoara Engenharia e Comércio, que vendeu a licitação pelo valor de R$342.437,46 e terá o prazo de 90 dias para concluir as obras.

A restauração que engloba a realização de ações de conservação e restauração dos edifícios e da praça, terá, em primeiro momento, uma pesquisa histórica, levantamento cadastral detalhado, diagnóstico e levantamento de danos das edificações e da praça, além da elaboração e coordenação de projetos executivos como arquitetura, restauração e reutilização das edificações.

Em segundo momento, a empresa fará a fundação do Palacete São Bento, que foi construído sem fundação.

Segundo Valter Ricardo Léo Rozatto, secretário de Obras e Serviços Públicos, “esse trabalho é feito manualmente por etapas, quase artesanal e com poucos equipamentos. Além disso, a empresa também fará a reforma de pisos e paredes que serão quebrados para a execução da obra. E em seguida a pintura total do prédio".



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/