Notícias

Aluna do PPG-DTMA e pesquisadora do NUPEDOR da Uniara participa do 6º Simpósio de Segurança Alimentar

Publicado em: 28/05/2018

A pós-doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente - PPG-DTMA e pesquisadora do Núcleo de Pesquisa e Documentação Rural - NUPEDOR da Universidade de Araraquara - Uniara, Daiane Roncato Cardozo, participou do “6º Simpósio de Segurança Alimentar: Desvendando mitos”, realizado entre os dias 15 a 18 de maio, no centro de eventos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, em Gramado.

“Minha participação, no dia 17, foi com a exposição dos resultados preliminares do projeto ‘Do informal para o formal: uma investigação das redes de abastecimento alimentar territoriais’, financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq e desenvolvido por meio de uma parceria entre a Uniara, a Universidade de Brasília e a Universidade de Buenos Aires. Além de mim, constam outros pesquisadores no trabalho apresentado: Laís Túbero Izidoro, Augusto Paschoalino, a professora Vera Lucia Silveira Botta Ferrante e o professor Newton Narciso Gomes Junior”, relata Daiane.

Ela conta que o trabalho, intitulado “Abastecimento e segurança alimentar: alternativas locais de comercialização de agricultores familiares de Araraquara-SP”, buscou mostrar como está sendo desenvolvido o mapeamento de cadeias curtas agroalimentares no município, apontando iniciais evidências dos gargalos existentes entre a produção e a comercialização local de alimentos.

De acordo com Daiane, o projeto, ainda em andamento, contribuirá, ao seu final, “com uma gama de dados primários sobre o abastecimento local de Araraquara e suas relações mercantis, à Prefeitura Municipal, especialmente à Coordenadoria de Agricultura e ao Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, bem como aos demais atores envolvidos nessas cadeias: produtores, consumidores, pequenos comerciantes e gestores públicos”.

Além do trabalho apresentado pela pesquisadora, apenas dois trabalhos, segundo ela, trataram de questões voltadas a políticas públicas, “no entanto, um envolveu o enfoque orgânico e o outro, custos entre alimentos convencionais e agroecológicos para a Política Nacional de Alimentação Escolar – PNAE”. “Com isso, foi possível colocar em pauta a necessidade da abordagem de políticas públicas em eventos científicos sobre alimentação e nutrição, e principalmente sobre Segurança Alimentar e Nutricional - SAN, dado que duas das principais dimensões sobre a temática de SAN tratar do acesso e disponibilidade do alimento à população, o que envolve não somente composição, quantidade, frequência e segurança do alimento, mas também aspectos sociais, econômicos, de saúde, políticos e culturais”, destaca.

Quanto ao Simpósio, Daiane menciona que o evento buscou discutir a questão da segurança alimentar em todas suas dimensões, “conforme assumido durante sua primeira edição, em 2004 – ‘Acesso, Educação e Qualidade’”. “O tema ‘desvendando mitos’ trouxe à tona a preocupação com a profusão de informações que são despejadas na internet a cada momento, principalmente no caso da alimentação, que podem comprometer toda a segurança alimentar de uma população”, ressalta.

No encontro, a estudante comenta que foram abordados cinco enfoques que englobam a complexidade dessa temática: “Nutrição”, “Processamento de alimentos”, “Hábitos alimentares”, “Produção sustentável de alimentos”, e “Segurança e inocuidade dos alimentos”. “Dentro de cada um, foram destacadas, pelos palestrantes convidados, temáticas como: influência da mídia, vegetarianismo, fibras dietéticas, glúten, gordura ou carboidrato, alimentos funcionais, design higiênico, produção de proteína animal, food defense, alimentos processados e não térmicos, bem-estar de produção animal e sustentabilidade, Planta Alimentícia Não Convencional – PANC, avaliação do ciclo de vida, consumo político e ativismo alimentar. Além disso, minicursos e visitas técnicas foram incorporadas à programação para exploração da cultura e gastronomia típica da região, bem como das indústrias produtoras de alimento locais”, finaliza.

Informações sobre o NUPEDOR e o PPG-DTMA da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

 

 

Clique para ampliarClique para ampliarClique para ampliar

Últimas notícias:

Busca

Assessoria de imprensa
assimprensa@uniara.com.br
16 3301 7142
Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /