Notícias

Alunos de Psicologia da Uniara analisam a transmissão de habilidades sociais às crianças, pela escola e pela família

Publicado em: 20/12/2017

Os estudantes do curso de Psicologia da Universidade de Araraquara – Uniara, Jaqueline Diniz, Julia Vicente Galli e Lucas Coutinho Silva são os autores do estudo “A contribuição da escola e da família na transmissão de habilidades sociais em crianças na terceira infância: estudo de caso em uma instituição”, um dos premiados na categoria “Relevância social do tema”, no XII Congresso de Iniciação Científica da instituição, realizado entre os dias 6 e 9 de novembro, na unidade I da universidade. O trabalho foi orientado pela professora Laura Zamot Rabelo.

“O objetivo foi investigar a importância que cuidadores e professores atribuem à transmissão de habilidades sociais às crianças, buscando identificar quem elas apontam como sendo os responsáveis pela transmissão dessas habilidades”, explica Jaqueline, em nome de seu grupo.

Ela comenta que os pais têm papel fundamental no ensino de habilidades sociais às crianças, “pois auxiliam na evolução do comportamento apropriado nos campos social e escolar”. “Para que isso ocorra, é preciso que eles proporcionem práticas educativas parentais adequadas. Do mesmo modo, a escola concederá a oportunidade de ampliar sua rede de relacionamentos interpessoal e intergrupal, sendo um ambiente favorável para introduzir e desenvolver programas de habilidades sociais”, afirma.

O projeto, de acordo com a estudante, contou com a participação de dez professores e vinte cuidadores pertencentes à família, com suas crianças matriculadas em uma instituição educacional no interior do estado de São Paulo. “Para realização do estudo, foram disponibilizados questionários previamente desenvolvidos pelos pesquisadores, iguais para os dois grupos. Os resultados mostraram que ambos, em sua maioria, consideraram todas as habilidades sociais como ‘muito importantes’, o que traz o questionamento de uma possível desejabilidade social em que os participantes possam ter optado por essas respostas por considerarem socialmente apropriadas ao contexto”, detalha.

Já as respostas de cuidadores e professores a respeito de quem seria o responsável pela transmissão dessas habilidades foram divergentes, segundo Jaqueline. “Enquanto cuidadores consideraram serem os responsáveis por tal transmissão, professores atribuíram aos dois tal responsabilidade. Os docentes apontavam os pais como ausentes na função de promotores de práticas educativas adequadas, contudo, as respostas dos pais foram indicativas de que eles não se isentaram do compromisso com os filhos”, esclarece.

Como destaque, a estudante comenta que a literatura já aponta a importância do ensino das habilidades sociais para crianças, “uma vez que elas são fatores de proteção para saúde mental, desempenho acadêmico e prevenção de delinquência juvenil”. “No entanto, queríamos entender se as famílias e a escola consideravam importante esse ensino e a quem atribuíam a responsabilidade de fazer isso. Assim, pensamos que a contribuição do nosso estudo foi promover uma reflexão dos pais e educadores acerca da própria responsabilidade em transmitir as habilidades sociais às crianças de seu convívio”, finaliza.

Informações sobre o curso de Psicologia da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

Últimas notícias:

Busca

Assessoria de imprensa
assimprensa@uniara.com.br
16 3301 7142
Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /