Notícias

Parque do Basalto da Uniara oferece lazer e contato com a natureza

Publicado em: 14/01/2014

Cachoeiras, árvores, plantas, animais e espécies nativas dentro da cidade? Sim, no Parque do Basalto, em Araraquara, isso é possível! O espaço ecológico mantido pelo Centro Universitário de Araraquara – Uniara oferece diversas opções de lazer para a população.

No local, é possível ficar mais próximo da natureza sem a necessidade de se deslocar para fora da cidade. O Basalto possui área total de 67 mil m², e está localizado entre os bairros Jardim Pinheiros e Parque Residencial São Paulo, área leste de Araraquara.

Espaços ecológicos como o Parque, que nasceu da recuperação de uma área degradada e conserva em seus domínios grande biodiversidade, têm grande importância para o crescimento sustentável da cidade. "A recuperação do espaço transformou o local em uma ´ilha´ de refúgio de fauna, onde muitas espécies encontraram abrigo e alimento", salienta o coordenador do espaço e professor da Uniara, João Carlos Geraldo.

De acordo com ele, áreas públicas como a do parque possibilitam maior contato e proximidade da população e de estudantes com programas de conscientização e educação ambiental. “É uma área verde inserida em um contexto urbano, o qual vem sofrendo expansão e adensamento, sendo que o centro da cidade está sendo verticalizado e os quintais estão desaparecendo. A proximidade das pessoas com o mundo natural está cada vez mais distante no cotidiano. Por isso, é essencial a implantação e manutenção dessas ‘ilhas´ verdes na trama urbana", avalia.

O Parque do Basalto é aberto ao público e funciona de terça a domingo, das 10h às 18h. As visitas podem ser independentes, sem necessidade de agendamento, mas, para quem desejar o serviço de visitas monitoradas, pode entrar em contato pelo telefone (16) 3301-7188 ou pelo e-mail chs@uniara.com.br. Outras informações podem ser obtidas no endereço http://www.uniara.com.br/parque_do_basalto/.

 

Lazer

Fazer caminhadas pelas trilhas, piqueniques, tirar fotos, e observar aves e plantas são algumas das atividades que podem ser realizadas no local. Mas se você gosta de esportes radicais, também pode aproveitar as cascatas e cachoeiras para a prática de escaladas e rapel (mediante prévia autorização).

De acordo com Geraldo, o parque está mais voltado ao lazer contemplativo que ativo. "É possível observar a paisagem e a vegetação originária de vários lugares do Brasil e até de outros países, uma parte delas identificadas com placas. Também há uma lanchonete e um espaço que pode ser utilizado para reuniões e refeições", destaca Geraldo.

 

Ecossistemas

Espécies nativas e exóticas compõem o grande acervo botânico do parque. "As espécies são distribuídas por grupos pertencentes às várias famílias botânicas, além de amostras de vegetação da Amazônia, dos cerrados, da mata de galeria e vegetações aquáticas, entre outras", detalha o docente.

Clique para ampliarClique para ampliarClique para ampliarClique para ampliarClique para ampliarClique para ampliarClique para ampliarClique para ampliarClique para ampliarClique para ampliarClique para ampliarClique para ampliarClique para ampliarClique para ampliarClique para ampliarClique para ampliar

Últimas notícias:

Busca

Assessoria de imprensa
assimprensa@uniara.com.br
16 3301 7142
Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /