Ageuniara

Psicóloga explica porque mulheres procuram salões de beleza

Por: TAINARA MONIQUE FONTANA

09/11/2016

Nos dias de hoje não tem como negar o quanto a maioria das mulheres tornaram-se escravas da indústria da beleza tão estremecida pelos meios de comunicação, pessoas que estão perdendo o prazer de viver e produzem uma guerra contra o espelho e geram uma auto rejeição terrível.

Para a psicóloga, Margarete Vasques,as mulheres procuram o salão de beleza porque entram de uma forma e saem de outra, externamente e muito mais internamente: “Esse resultado pode dar uma impressão de mudança mesmo que seja momentânea, trazendo conforto para as angústias, frustrações e desesperança do dia a dia. Ao meu ver, a mudança é uma maneira de esquecer ou ressignificar os problemas”, completa.

Portanto, gastos com a beleza nos dias de hoje fazem parte do orçamento de muitas pessoas. Todos querem se sentir bem, bonitos e aceitos. Mas, em tempos de cortar custos, consequentemente, muitos se esquivam dos salões de beleza. Porém, nem na crise os salões estão sofrendo quanto achavam que poderiam estar.

Há mais de quinze anos no ramo, a cabeleireira, Fátima Munhoz, afirma que a crise não afetou tanto o seu salão: “Por mais que haja crise, muitas mulheres me procuram nem que seja para cuidar do básico na beleza, a autoestima delas sobe muito. Mesmo assim, o movimento já foi bem melhor”, completa ela.

Contudo, o que os brasileiros gostam é de estar com a autoestima elevada, mas sem causar dívidas financeiras, podendo encontrar em vários outros momentos a satisfação pessoal, não se limitando apenas à beleza. 

Publicada em 09/11/2016 às 20h57.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/