Ageuniara

Alcoolismo na adolescência: problema para a sociedade

Por: CLAUDIO ANTONIO CHELLI SILVA

08/11/2016

O alcoolismo na adolescência tornou-se um problema frequente na sociedade contemporânea em que as consequências, de modo geral, acabam em tragédia.

O jardineiro A.G., atualmente residente em Ibitinga (SP), de 21 anos, conta que começou a usar bebida alcoólica desde os 10 anos de idade, em casa junto com os pais e amigos. “Nasci em uma fazenda na cidade de Londrina (PR) e era comum os funcionários se reunirem a tarde para conversar e beber em casa”, conta. 

Ele comenta ainda que procurou um médico, fez tratamento e parou de beber por um tempo, mas teve uma recaída e continua bebendo até hoje. “Eu me preocupo com a minha saúde, mas não consigo parar de beber. Estou precisando procurar um tratamento de novo”, diz.

A psicóloga Rosa Maria Custódio Garcia, que atua numa Clínica de Psicologia de Ibitinga (SP) conta que os jovens, para conseguir construir a sua estrutura emocional, serem aceitos na sociedade e serem bem vistos entre os amigos, começam a consumir bebida alcoólica. " Em vez de se agarrarem nas oportunidades que os desafios da vida trazem, os adolescentes de hoje crescem permanecendo infantilizados quando fazem uso de álcool como subterfúgio, atrapalhando, assim, a fase evolutiva dos jovens”, conta Rosa.

Ela diz ainda que o álcool na adolescência funciona como objetivo errado, no lugar errado e no tempo errado e é fatalmente antievolutivo. Ela finaliza dizendo a sociedade e os pais deveriam estar mais atentos ao dano emocional que a bebida alcoólica provoca em relação a dificultar o desenvolvimento e a maturidade emocional dos jovens.

Consequências

Segundo o site http://www.movimentopenochao.sp.gov.br/, o uso de álcool para os mais jovens podem causar problemas como mudanças de personalidade, prejudicar a memória (ou seja, dificuldade de aprendizagem e baixo rendimento escolar) e a atenção (como no trânsito, por exemplo), além de alterações no amadurecimento no cérebro. O site ainda cita que pode ocorrem também a uma baixa autoestima, consequentemente gerando um aumento no consumo de álcool.

Outro site: http://www.alcoolismo.com.br/, informa que o que leva ao uso do álcool entre adolescentes ocorre por diversos fatores: a aceitação e o estimulo criado pela sociedade, os fatores genéticos e emocionais que induzem no consumo da bebida, a pressão por conta do grupo dos amigos, o sentimento de onipotência própria da juventude, a falta de controle na oferta e no consumo dos produtos alcoólicos, entre outros.

Publicada em 09/11/2016 às 20h35.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/