Ageuniara

Unesp abre curso de Libras para formação de professores

Por: CAMILA GONÇALVES JARDIM

30/09/2016

A Unesp, campus de Araraquara, abriu no dia 8 de setembro inscrições para o curso gratuito de Libras, oferecido pelo Centro de Línguas da universidade. As 30 vagas disponíveis foram preenchidas no mesmo dia, devido a isso, no dia 4 de outubro foram abertas mais 30 vagas para uma segunda turma, que também já se esgotaram.

 O curso foi aberto para membros das comunidades da Unesp de Araraquara e região. A ideia surgiu em 2013, quando a Faculdade de Ciências e Letras ofereceu o curso de extensão de Libras, gerando resultado positivo. Gerou-se grande demanda por esse tipo de curso e agora a instituição concretizou a proposta de oferecer cursos regulares de Libras.

O Decreto 5.626 de 2005, estabelece que Libras deve ser inserida como disciplina curricular obrigatória nos cursos de formação de professores para o exercício do magistério, ou seja, para cursos de Licenciatura e nos cursos de Fonoaudiologia.  Buscando cumprir a legislação, os cursos de Licenciatura da Unesp fizeram uma reestruturação do seu projeto pedagógico, para assim, inserir essa disciplina na grade curricular.

A Coordenadora do curso de Libras,  profa. dra. Angélica Rodrigues, do Departamento de Linguística, disse que a importância fundamental de um curso relacionado à promoção da Libras é estimular o desenvolvimento da consciência da comunidade, de uma forma geral, e dos professores, de que os surdos possuem uma língua própria e de que só por meio desta língua, as relações de interação e aprendizagem podem se concretizar. "Conhecer um pouco mais sobre Libras e, consequentemente, sobre a comunidade e a cultura surda, farão despertar nas pessoas uma consciência em relação à surdez, contribuindo assim para o respeito e a valorização da diversidade linguística", completa.

Angélica também aponta a falta de discussão de outras línguas em sala de aula, dizendo que embora nosso país não seja monolíngue, ou seja, não tem apenas uma lingua em território nacional, o plurilinguismo, que é a existência de várias outras formas de linguagem, não é muito discutido em âmbito escolar, o que acarreta no preconceito linguístico. "A promoção, portanto, da Libras, que é uma língua minorizada dentro da comunidade, é um esforço para mudar essa realidade e ampliar a consciência dos nossos alunos e da comunidade sobre a segregração linguística da qual os surdos são objetos", finaliza.

O curso de Libras tem carga horária de 30 horas e as aulas serão ministradas entre outubro e dezembro. As aulas da turma 1 começam no dia 11/10, das 18h às 21h e as da turma 2 no dia 17/10, das 14h às 17h.

(Publicada em 21/10/2016 - 12h05)



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/