mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Comércio de Araraquara se alia a estratégias para driblar vendas online

Por: JAYNE PAVÃO COLEDAM

23/09/2015

Com o aumento sucessivo de 20% ao ano nas vendas realizadas através de lojas virtuais, o comércio de Araraquara (SP) vem adquirindo novas estratégias e aperfeiçoando antigas para manter o equilibro nas vendas das lojas físicas. A informação é do Sindicato do Comércio Varejista de Araraquara (SINCOMÉRCIO).

O aumento  significativo  se propaga diante da concorrência Ful Time, ou seja, lojas com atendimento 24 horas oferecido virtualmente,  facilitando a compra do consumidor que pode ter acesso aos produtos desejados a qualquer momento.  Outro ponto, diga-se de passagem: o mais significativo, é o preço. Ofertas e descontos são primordiais na escolha do consumidor virtual que muitas vezes prefere arriscar na garantia duvidosa em troca do menor preço.

 Para o presidente do SINCOMÉRCIO de Araraquara, Antônio Deliza Neto, a explicação para o preço baixo, está na logística da loja virtual que requer menos gastos, diferente de uma loja física.  

" As lojas virtuais em sua maioria não possuem a quantidade de funcionários de uma loja física, não tem gastos com ar condicionado, propagandas de som, marketing, não oferecem estacionamento, entre outros confortos e disponibilidades que uma loja física oferece, portanto, o gasto é menor e reflete no preço do produto que também acaba diminuindo", observa.

Com a infinidade de quesitos positivos oferecidas pelo comércio eletrônico, o jeito é apelar e mostrar os motivos pelos quais ainda é mais conveniente comprar em uma loja física local.
Uma das principais  armas que uma loja física tem é permitir que o cliente tenha contato com o produto antes de adiquiri-lo, podendo testar, experimentar ou aumentando a confiança na hora de finalizar a compra, o que não acontece em lojas virtuais.

"Não tem jeito, o comércio eletrônico esta aí, inclusive trazendo a facilidade de produtos do exterior. O comerciante precisa focar em treinamentos de atendimento, manter um aspecto agradável e convidativo em seu ambiente de comércio, oferecer garantias e passar confiança ao cliente. Além disso comparações de preço para possíveis ajustes podem ajudar na hora da venda'', acrescenta Deliza .

Na praça
 
A vendedora do setor de telefonia, Marina De Paula, de 24 anos, de Araraquara(SP), conta os métodos usados para que o cliente opte pela compra presencial. "Quando o cliente entra, a gente atende como se fosse de casa, com toda atenção que ele merece, mostra todas as opções daquilo que ele procura, tenta negociar de forma que fique bom para ambos e mostramos a garantia de que ele está levando o produto que realmente deseja, é maior", conta  De Paula.

Do outro lado da tela

Acostumado a comprar produtos pela Internet,  o estudante de Segurança do Trabalho, Vinicius Sponton, de 21 anos,diz que a variedade e o preço é o que chamam mais atenção. "Antes de comprar qualquer produto dou uma olhadinha nos próprios sites de lojas locais ou no próprio mercado livre, não tem erro. Nas primeiras vezes fiquei com medo de não receber o produto e já até aconteceu de atrasar, mas nada grave. Até hoje, todos os produtos que comprei até hoje são de ótima qualidade e paguei bem menos do que pagaria por eles", afirma Sponton.

Para os antenados, no momento da compra na Internet, a dica é pesquisar as avaliações sobre a reputação do fornecedor e do produto. Vale até uma pesquisa no PROCON (Procuradoria de Proteção e Defesa do Consumidor) para ter informações de possíveis denúncias e reclamações referentes ao site ao qual almeja comprar produtos. A dica ajuda a evitar fraude e golpes o que é muito comum em sites e lojas virtuais.

Publicada em 23/9/2015 às 19h22.

 

     



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/