Ageuniara

Comunidade Católica recebe novos missionários

Por: LARISSA LEAL PICCOLI

30/04/2014

A Comunidade Católica Shalom, de Araraquara(SP),recebeu novos missionários.Eles deverão permanecer na Comunidade pelo período de um ano.

Esses jovens foram recebidos com cartazes, apresentados a todos os integrantes da Comunidade Católica Shalom. Eles começam seu cotidiano de manhã oracional (rezam as Laudes, fazem seu estudo bíblico, sua oração pessoal), tardes e noites de trabalho apostólico (grupos de oração, acompanhamentos, reuniões e outros).

Durante todo o ano de 2013, jovens de várias missões do Brasil e do exterior, participaram do Caminho Vocacional e enviaram cartas para ingressar na Comunidade de Vida. A resposta sempre vem acompanhada do nome e localização da nova Missão para quem recebe seu SIM. Para Araraquara, foram enviados quatro jovens (além dos oito que já estavam), tendo idade entre 18 e 35 anos.

Na Comunidade, as pessoas engajadas nos grupos de oração, serviços e ministérios têm a oportunidade de ingressarem no Caminho Vocacional. À medida que o vocacionado vai participando dos encontros mensais durante todo o ano, é acompanhado por membros consagrados que rezam e conversam com a pessoa em vista da descoberta de sua vocação e da vontade de Deus.

A Comunidade Shalom, tem duas vertentes de consagração: Comunidade de Vida (C.V) ou Comunidade de Aliança (C.Al). Na primeira, a pessoa deixa tudo o que tem (trabalho, namoro, bens materiais, faculdade, casa, família, etc.) para doar toda a sua vida para seguir Jesus Cristo.

Na segunda, a pessoa segue com sua vida normalmente, porém, é chamada a evangelizar em todas as suas atividades cotidianas. Para as pessoas que contém matrimônio, é somente permitida a segunda forma de viver o carisma.

Ao final desse caminho, os vocacionados participam de um retiro fechado durante quatro dias sob o olhar dos membros da Assessoria Vocacional da Comunidade. Uma vez confirmada a vocação, voltam para sua cidade, enviam uma carta com anexo de sua autobiografia para a sede da Assessoria que fica localizada em Fortaleza (CE). O tempo de espera da resposta dura em média quatro meses.

Os Missionários

Para Wilma Ribeiro, 21 anos, viver o tempo de espera e deixar tudo não é fácil. “Eu não tinha como planejar nada, mas foi um tempo de confiança e abandono nas mãos de Deus”, diz. Em relação à reação de seus familiares, a missionária conta que foi difícil devido aos pais prepararem os filhos para uma vida ativa no mercado de trabalho, bom futuro, etc.

Um fato marcante que ajudou o missionário Pedro Rufino, 18 anos, a decidir-se pela Comunidade de Vida, foi buscar por muito tempo compreender o que a humanidade procurava (poder, dinheiro, riquezas, prazeres, etc.) e descobrir que na verdade, para saciar todas essas ansiedades, era preciso somente conhecer a Deus.

Camila Santiago, 22 anos, também missionária da Missão de Araraquara, relatou que pela vivência do carisma, a identificação com o mesmo e por meio da graça de Deus, enxergou que a dor da humanidade é maior que a dela própria. “Dessa forma, me lancei neste grande abismo”, conta.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/