Ageuniara

Acidentes no Trabalho: engenheiro alerta para prevenção

Por: HENRIQUE RODRIGUES FONTES

17/04/2014

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho(OIT), o Brasil é o quarto país no mundo que mais desrespeita as normas de segurança para os funcionários, perdendo apenas para China, Estados Unidos e Rússia. O Ministério do Trabalho e Emprego(MTE) define algumas normas regulamentadoras, conhecidas como NRs, que devem ser seguidas por quem tem um negócio.

Segundo o diretor do Ministério do Trabalho de São Carlos(SP), Antônio Valério Morilas Júnior, o processo de fiscalização das normas de segurança, acontece a partir de denúncias feitas por trabalhadores ou sindicatos sobre as suas condições de trabalho. Morilas destaca ainda que não é possível realizar uma fiscalização frequente nas empresas, pois não há um número suficiente de auditores na região.

As normas falam de questões salubres no ambiente, ergonomia, exigência de equipamentos de segurança, entre outros tópicos, que caso não sejam cumpridos, podem gerar desde penas administrativas até grandes indenizações, além de manchar a imagem da empresa.

O engenheiro de segurança do trabalho,Márcio Marino, diz que a principal orientação que ele passa aos funcionários de uma empresa, é o uso correto dos equipamentos de segurança, para que se evite quaisquer acidentes com máquinas e ferramentas do ofício. O engenheiro diz ainda que fazer cursos sobre o tema, é de muita importância. Cursos que são feitos por um grupo de funcionários da Associação dos Produtores de Café do Alto de Torrinha(SP).

Há dois anos, dezoito integrantes da Associação se reuniram e fizeram uma “vaquinha” para comprar uma máquina de colheita. Um dos produtores, Edenir Matheus Spigolon, 34, explica que além da comodidade, um dos fatores que levou os trabalhadores a comprar a máquina, foi a segurança.

A mecanização do trabalho, diminuiu o risco de contração de doenças e de acidentes provenientes do trabalho manual. Os funcionários também realizaram cursos de segurança para o uso de moto-serra, para aplicação de agrotóxicos e derrissador manual de café. Além de todas essas especializações, em parceria com a prefeitura, semanalmente, eles praticam ginástica laboral, que ajuda no relaxamento e prevenção de contusões.

Legislação

A Legislação brasileira também salienta outras maneiras de precaução e orientação, quanto às normas de segurança no trabalho.Veja quais são:

Conhecer os riscos da atividade que desenvolve e as formas de proteção para reduzi-los;

Ter um local de trabalho organizado;

Procedimentos operacionais são para serem seguidos, nunca improvisar;

Promover campanhas de saúde e segurança, além de exames periódicos;

Informar-se quanto a necessidade de constituição do Comissão Interna de Prevenção de Acidentes(CIPA), sua obrigatoriedade varia de acordo com a quantidade de funcionários e atividade econômica desenvolvida.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/