Ageuniara

Ilusionista de São Carlos mira Campeonato Mundial

Por: HENRIQUE RODRIGUES FONTES

26/03/2014

O ilusionista Caio Ferreira,27, de São Carlos(SP),destaca-se em apresentações no Brasil e no exterior.

A paixão pela mágica começou cedo. Aos treze anos, Caio gostava de uma colega de classe e queria fazer algo para impressioná-la.

Certo dia, assistindo televisão, viu uma mágica de David Copperfield, renomado ilusionista americano, em que transformava um papel numa rosa. Depois desse dia, apesar de na época não ter obtido sucesso com a mágica e nem com a garota, ele se apaixonou por essa arte.

Quatorze anos depois, ele já coleciona alguns prêmios como vencedor do Magic In Rio (Festival Internacional de Mágica), no Rio de Janeiro, em 2008; foi primeiro colocado no Campeonato Latino Americano de Ilusionismo realizado em Lima(Peru), em 2009; além de ser o único brasileiro convidado a participar do Intermagic 2012, o maior festival teatral de ilusionismo dentro da América do Sul, realizado em Bogotá (Colômbia).

Sua atual rotina é a seguinte: pela manhã ele atende aos clientes e fecha contratos. À tarde, ensaia por volta de sete horas, e à noite, quando não se apresenta, descansa.

Caio se apresenta para qualquer público e suas mágicas são uma mistura de encenação teatral com música, que por sinal, influencia muito o seu trabalho. Amante da música clássica, ele se inspira em grandes astros do gênero como Mozart. Seus espetáculos são montados a partir de obras clássicas, que após ouvi-las, cria um número em cima da canção, método inverso à maioria dos ilusionistas, que criam o número antes.

A falta de valorização da arte no Brasil é o maior obstáculo que não só o ilusionista enfrenta, mas os artistas em geral."Muitas vezes o valor é dado apenas a quem tem poder, deixando de lado quem realmente tem talento", afirma. No exterior, a situação é diferente, o artista é mais valorizado e ele sente essa mudança quando se apresenta em outros países.

Sua paixão pelo ilusionismo é o que o motiva a continuar levando arte para as pessoas e o reconhecimento do público é sua maior recompensa.

Silvia Ferreira, mãe de Caio, conta que ter um filho mágico em casa, é a certeza de frequentes surpresas. Quando menos se espera, ele aparece com algo diferente que a impressiona, deixando a dúvida em sua cabeça: "Como ele fez isso?". O perfeccionismo e a dedicação de Caio, completam os sentimentos de convivência da mãe.

Projetos

O ilusionista está com novos projetos para o futuro. O espetáculo “Poéticas”, por exemplo, vai mostrar clássicos da mágica de uma maneira diferente, com encenações teatrais, novas narrativas e diversos efeitos românticos. Para 2015, Caio planeja participar do campeonato mundial de magia, que será realizado na Itália.

“A maior mágica que o mundo precisa, é mudar uma sociedade que valoriza o dinheiro e o poder para uma que valorize a generosidade e compaixão”,finaliza.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/