Ageuniara

Ato público pela cassação do prefeito Paulo Altomani não é realizado por chuva

Por: BIANCA SILVA CARVALHO

21/03/2014

Foi marcado para a última terça, 18 de março, um ato público para pedir a cassação do atual prefeito de São Carlos, Paulo Altomani, porém o mau tempo e a falta de manifestantes prejudicaram a manifestação. Após uma reunião de emergência, o ato foi remarcado para o próximo dia 25.

O ato público começou às 15h em frente à Câmara Municipal, onde se reuniram manifestantes, a maioria jovens que queriam a cassação do prefeito Paulo Altomani. Ao todo compareceram cerca de 60 pessoas, convocadas por meio de redes sociais. A ideia era que o ato discutisse problemas na gestão da cidade, questionando valor gasto com os uniformes escolares da rede pública e até irregularidades em licitações. Em seguida, estava prevista uma passeata da Câmara até a Prefeitura, que acabou não acontecendo.

Para Bruna, 19 anos, estudante de Ciências Sociais na UFSCar e uma das manifestantes, o número reduzido de pessoas interessadas é o reflexo da incompreensão e intolerância da maioria da população contra atos públicos. "Somos confundidos com vândalos", comentou. Bruna considera que os atos públicos são criminalizados por parte da população e pelos meios de comunicação tradicionais.

A Prefeitura não se manifestou em relação ao ato na Câmara Municipal.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/