[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

A Universidade de Araraquara - Uniara comunica que o início das aulas para os calouros dos cursos de Graduação Presencial será no dia 02 de março.

Atenciosamente,

Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Proprietários de Araraquara têm diferentes opiniões sobre veículo

Por: RODRIGO FERREIRA SALLUN

06/11/2013

Existe um ditado popular que diz : brasileiro que é brasileiro gosta de futebol, nádegas e cerveja. Tal comentário pode ser considerado machista, culturalmente questionável, ou até mesmo, segundo alguns críticos mais severos, antipatriota. O fato é que certamente falta um item na lista do jocoso ditado. Com uma frota de mais de 50 milhões de veículos, o Brasil é o quarto país do mundo que mais emplaca automóveis novos. Só no ano passado, segundo o Anuário da Indústria Automobilística Brasileira, publicado pela Associação Nacional de Veículos Automotores (ANFAVEA), foram mais de 3,8 milhões de veículos licenciados de janeiro a dezembro de 2012. Com números tão expressivos, é curioso observar que alguns modelos como Gol, Uno, Pálio, Celta, Corsa, Kombi e Fiesta caíram mesmo no gosto popular e já passaram da casa dos seis dígitos em vendas acumuladas. Em setembro passado, foi a vez do Volkswagen Fox atingir a incrível marca do primeiro milhão de modelos emplacados em territórios nacional, e ratificar a paixão do brasileiro por automóveis.

Prestes a completar dez anos de seu lançamento, o VW Fox ainda é bom de mercado e tem diferenciais e novidades interessantes, tais como o novo motor ecológico de apenas três cilindros, com 12 válvulas e 82 cavalos, que promete grande economia de combustível, além do consagrado banco traseiro deslizante (que dimensiona melhor tanto o porta malas quanto o espaço para as pernas dos ocupantes que sentam atrás). Apesar do design já desgastado em comparação aos recentes lançamentos da concorrência como Onix, da GM, HB 20 da Hyundai, March, da Nissan e Ettios, da Toyota, suas vendas ainda caminham com relativo fôlego.

Impressão dos proprietários

O analista de sistemas Francisco Siqueira Júnior, 30 anos,de Araraquara(SP), diz estar muito satisfeito com seu Fox 1.6, ano 2005. “Gosto muito do carro porque ele tem um desempenho excelente tanto na cidade quanto na estrada. Ele é um carro espaçoso e a posição de dirigir é muito boa porque tem diversas regulagens para o banco do motorista, além de ser mais alto do que a média dos outros carros. Mesmo com a opção de deslizar os bancos traseiros para a frente, ainda acho o porta-malas pequeno e o consumo de combustível é muito alto. Acho também que o carro é caro. Eu até compraria um zero, mas o veículo precisaria de um novo design. A concorrência está com carros mais bonitos”, comenta o analista de sistemas.

Bacharel em Direito e secretário da Uniara, Luis Vanderlei Dantas, de 43 anos, é proprietário de um Fox 1.6, ano 2012 e relata que o carro é bom e tem um espaço interno muito generoso até mesmo para quem é mais alto e vai no banco de trás. “Gosto da ergonomia que o carro proporciona e do espaço interno. A dirigibilidade é muito boa, mas deixa muito a desejar no consumo de combustível”, declara Dantas.

Outro Analista de Sistemas, o professor universitário Juliano Marcello, 33, há muito tempo desfez de seu Fox 2006. “Em 2007 comprei um Fox. Foi uma experiência bastante problemática. Tive problemas de altíssimo consumo de combustível, má qualidade das peças que constantemente se soltavam, muito barulho no habitáculo e até um sério problema com infiltração de água através da porta do motorista. Minha experiência foi ruim, mas como comprei-o semi-novo de um garagista que não deu a devida garantia, acredito que meu veículo não seja parâmetro, pois pode até ser que tenha tido alguma avaria mais grave antes de chegar às minhas mãos”, afirma o professor.

Por outro lado, o Gestor em Processos e vendedor Januário Morato de Lima Neto, 28, proprietário de um Fox 1.0, ano 2010, afirma que o carro é fantástico. O vendedor se diz fascinado pelo veículo. Acredita que é um carro prático e completo e declara que compraria outro sem pensar duas vezes. “A posição de dirigir é excelente porque a ergonomia do carro é muito boa, é tudo de fácil acesso e a quantidade de porta objetos é muito útil. Gosto também da dirigibilidade do Fox. É um carro bem esperto tanto na cidade quanto na estrada. De fato ele poderia ser mais econômico, por isso eu tenho intenção de trocar o meu por um modelo zero, com o novo motor três cilindros”, conclui Lima Neto.

Preço do seguro

Mesmo sendo um veículo visado pelos ladrões, o valor para contratação de seguro não é dos mais altos. Com média entre R$ 1.800,00 a R$ 2.350,00, para os modelos mais caros, com motorização 1.6, o Fox tem um valor de seguro bem mais atrativo do que Gol, Pálio e Uno, por exemplo.

Quanto custa?

O VW Fox BlueMotion 1.0 flex de três cilindros tem preço inicial de R$ 32.590,00 mas com todos os opcionais chega a R$ 43.013,00. O modelos mais bem acabados (com opcionais) e com motorização mais robusta podem passar dos R$ 51.000,00.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/