Ageuniara

Professores são alvo de violência e ameaças nas escolas

Por: ANDREIA ROSA DA SILVA

12/06/2013

Agressões verbais, físicas e ameaças por alunos são os problemas mais enfrentados por professores nas escolas hoje em dia.

A diretoria regional de ensino de São Carlos(SP) afirma que o Estado oferece alguns programas, na rede de ensino, alguns com a participação da família dos alunos com o objetivo de juntar a família e escola.

Para o professor Ronaldo Mota, representante do Conselho Estadual do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo(APEOESP), a profissão de professor está desmoralizada em sala de aula. “Nos últimos anos o aumento de professores afastados das salas de aulas foi muito grande, pois sentem a pressão em sala de aula”, ressalta. “O clima de insegurança é crescente nas escolas, principalmente contra professores, que não conseguem desenvolver bem o trabalho por medo”, comenta a professora Adriana Silva.

Para a psicopedagoga Luciana Alves, quando um aluno comete um ato violento contra um professor, o docente deve buscar o diálogo. "Muitas vezes o aluno age dessa forma por não conhecer outros caminhos. O modelo que ele encontra lá fora é o que ele traz. Cabe ao professor oferecer novos modelos".

Segundo ela, punir o aluno não resolve o problema e uma das soluções, na visão dela, seria a realização de assembleias escolares.

A professora de História da rede estadual, Vanessa Mendes afirma que as atitudes violentas de alunos são comuns. "A escola é reflexo da sociedade, os alunos acabam levando suas experiências de fora para as escolas. Este é um problema grave porque a escola é lugar de aprendizado e não de violência", ressalta.

A Polícia Militar de São Carlos informa que viaturas realizam trabalhos de ronda nas escolas e nas imediações das unidades.Além disso, a PM realiza a chamada Operação Ronda Escolar, que conta com 400 policiais militares, 15 viaturas e dez motocicletas. Além da ronda, a corporação promove seminários, palestras e apresentações teatrais nas escolas sobre violência.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/