mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Jaboticabal ganha espaço para atividades com equoterapia

Por: LETICIA DURO DUARTE

12/06/2013

A equoterapia é um método científico de tratamento que utiliza o cavalo numa abordagem interdisciplinar que pode ser composta por fisioterapeuta, psicólogo, musicoterapeuta, terapeuta ocupacional, psicopedagogo, fonoaudiólogo e assistente social. A atuação de cada profissional depende da particularidade e da patologia de cada praticante, com a finalidade de reabilitar pessoas com deficiência.

Noções de equilíbrio, confiança e autonomia são apenas alguns dos inúmeros benefícios da atividade. O principal objetivo do tratamento são os ganhos motores e psicológicos.

Segundo o psicólogo Diego Bonatti, fundador do projeto em Jaboticabal(SP), o tratamento é uma terapia que quase toda pessoa pode praticar, inclusive idosos, pessoas com baixa autoestima e outros."Pode ser praticado por praticantes com diagnóstico psiquiátrico, neurológico e ou por pessoas com dificuldades psicológicas. Cada caso é avaliado por um médico, psicólogo e por um fisioterapeuta",explica.

Para que as pessoas entendam, de que forma esse método terapêutico é aplicado na educação e reabilitação do paciente, Mariane Constant, formada em fisioterapia, relata que o movimento tridimensional que ocorre na marcha do cavalo realiza um movimento semelhante ao do quadril humano. "Esse movimento ajuda a fornecer imagens cerebrais sequenciais e impulsos importantes para aprender ou reaprender andar, ou algum determinado movimento, ou determinada postura. O movimento rítmico do cavalo ajuda a regular o tônus muscular, o metabolismo, o sistema cardiovascular e o respiratório. O movimento estimula o equilíbrio constante estimulando o sistema vestibular, musculatura e coordenação",explica.

De acordo com ela, a altura do cavalo e a imponência desenvolvem a coragem a autoconfiança a concentração e sentimento de independência melhorando muito a autoestima do praticante.

O projeto ainda está em fase inicial e é exercido em um espaço localizado em uma chácara (propriedade particular), trabalhando somente com um cavalo e com dois profissionais: o psicólogo Diego Bonatti e a fisioterapeuta Mariane Constant. Havendo necessidade, solicitam também a presença de um conduto auxiliar.

"É um espaço que conta com os três tipos de solo: gramado, terra vermelha e o espaço cercado com areia grossa. É utilizado também o material apropriado para a montaria dos praticantes, no caso uma manta que propicia a montaria do terapeuta e do praticante ao mesmo tempo", reforça Bonatti.

A esperança é que o tratamento na cidade seja reforçado por apoio de outras lideranças visando beneficiar pessoas de todas as classes sociais. "Acho interessante quem sabe mais para frente conseguir alguma parceria com alguma entidade aqui da cidade como a ABC Down e APAE", diz Mariane. A novidade está sendo divulgada através da rede social facebook acessando o link: https://www.facebook.com/EquoterapiaHarasBonatti?fref=ts.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/