mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Fórum Nacional realizado em São Carlos debate segurança das urnas eletrônicas

Por: ANA PAULA DA COSTA PEREIRA

15/05/2013

O Instituto de Ciências Matemáticas e Computação (ICMC) realizou no dia 17 de abril o 1º Fórum Nacional de Segurança em Urnas Eletrônicas. O evento aconteceu no Campus da Universidade de São Paulo(USP)de São Carlos(SP), no auditório "Fernão Stella de Rodrigues".

O evento teve início com duas palestras, sendo ministradas por Diego Aranha da UnB(Universidade de Brasília) e Amilcar Brunazo Filho da ONG VotoSeguro.org.

Em seguida, houve uma mesa redonda com a participação de Pedro Floriano Ribeiro e Maria do Socorro Braga, ambos da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar); Kalinka Castelo Branco e Mario Gazziro (ICMC-USP), e Oscar Marques do Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO).

O principal foco do Fórum foi mostrar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o nível de segurança das urnas que não é tão assegurado, como afirmado pela própria secretaria de informática do TSE. “Os ministros são reféns dessa tecnologia, e confiam nos laudos de seus técnicos, porém, nós da universidade, constatamos sérias irregularidades nesse sistema. Ao final do evento, um memorando foi enviado à presidente do TSE, ministra Carmen Lucia, com todas as nossas considerações” afirma o professor Mário Gazziro do ICMC, um dos coordenadores do Fórum.

Segundo Gazziro foi recuperado uma lista original dos votos embaralhados em um edital que participou, promovido pelo TSE em março de 2012, o qual objetivava verificar a segurança das urnas. Durante três dias de acesso ao equipamento, constatou-se diversas outras irregularidades de segurança, como por exemplo, o fato de que todas as urnas do país utilizam a mesma chave de criptografia. “Isso equivale a fabricar milhares de cadeados, porém todos abrindo com a mesma chave. Uma vez que um invasor descubra a chave de uma, pode ter acesso a todas as demais”, comenta.

Ineficácia

Existem diversos problemas com a ineficácia de segurança das urnas e vários quesitos compõem as irregularidades. Para Gazziro elas consistem nos fatos das urnas não imprimirem uma cédula em papel com o voto do eleitor, para conferência deste, enquanto o mesmo ainda está dentro da seção eleitoral. "Isso é feito em todos os outros países do mundo com exceção da Índia, de forma que o conteúdo do voto possa ser fiscalizado manualmente, em caso de suspeita de fraude. Vide os acontecimentos recentes na Venezuela, onde foi requerida a contagem manual de 100% dos votos”, observa.

Mais informações podem ser obtidas através do link http://www.youtube.com/watch?v=4_706EoJMjU.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/