mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Projeto de novo Centro Cultural de Ribeirão Bonito aguarda por recursos

Por: CELSO LUIS GALLO

23/11/2012

Por iniciativa da Amarribo Brasil, uma ONG local, um projeto de revitalização do antigo Cine Piratininga, no centro de Ribeirão Bonito, foi aprovado para receber fundos pela Lei Rouanet e aguarda a arrecadação de cerca de R$ 3,5 milhões para ser posto em prática.

A sede do antigo cinema fica em frente à Igreja Matriz. O local esteve em funcionamento entre 1947 e 1978 e sempre exibia os filmes mais populares da época. Após o seu fechamento, porém, o prédio ficou abandonado.

O andar superior, onde eram feitas as apresentações, transformou-se em um depósito de insetos, ratos e lixo. O telhado caía aos pedaços. A parte térrea ainda era usada para algumas coisas, como sediar a biblioteca municipal, mas agora também está vazia.

A Amarribo entrou em acordo com a prefeitura e conseguiu uma concessão do prédio por vinte anos, com aval da Câmara Municipal. Nessa ocasião, foi apresentado um projeto de revitalização daquele espaço, desenvolvido gratuitamente pelo arquiteto Roberto Zocchio Torrezan.

Após a concessão, a ONG gastou cerca de R$ 5 mil em dedetização e reformas internas urgentes do prédio, já que o telhado ameaçava cair e preocupava os moradores próximos.

“O estado era precário e continua daquela forma. Nós só fizemos itens para garantir a segurança dos vizinhos, para não caírem as paredes. O prédio não está pintado, não está bonito, mas está limpo, arrumado”, afirmou Guilherme Caldas von Haehling, diretor-executivo da Amarribo Brasil.

Em 2011, após quatro anos de tramitação, o projeto foi aprovado com base na Lei Rouanet no Ministério da Cultura. A proposta prevê que o espaço, de 1.156,60 m², terá três andares (dois superiores e o pavimento térreo), biblioteca, auditório, barzinhos e um anfiteatro com capacidade para 230 lugares, onde seriam feitas as apresentações de filmes.

“Ribeirão Bonito tem uma deficiência cultural grande, de projetos e de movimentação cultural. A sociedade ribeirão-bonitense está muito distante disso. Um centro cultural movimenta, dá opção, tira gente da rua e pode desenvolver projetos de informática, dança e há um palco para apresentações. Enfim, pode movimentar muita coisa”, completou Haehling.

A Amarribo vem fazendo campanhas de arrecadação de dinheiro por meio do imposto de renda doado pelas pessoas ou empresas. No final de 2011, após dois meses de trabalho, quase R$ 50 mil foram conseguidos.

A ONG continua fazendo divulgação da iniciativa e irá procurar empresas da região até o dia 31 de dezembro, período em que elas já realizaram os cálculos do imposto de renda e estão habilitadas a fazer essas doações.

As doações estão longe do necessário, segundo Haehling. “A comunidade apoia, mas não da forma que a gente esperava. Até agora, o resultado ainda está muito aquém do que a gente deseja”, disse o diretor da entidade. História

A Amarribo Brasil, fundada em 1999, atua no combate à corrupção e é um braço da Transparência Internacional no país. Ela foi uma das organizadoras da 15ª Conferência Internacional Anticorrupção, realizada em Brasília entre os dias 7 e 10 de novembro.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/