Ageuniara

Cardiologistas alertam para os perigos do sal

Por: DAIANE DE SOUZA LUCIANO

31/10/2012

Dois cardiologistas de Araraquara(SP) alertam para os perigos do uso inadequado do sal. Para eles, o sal deve ser consumido de forma moderada.

De acordo com o cardiologista Lineu J. Santoro Biazotti,não há necessidade de retirar o sal da alimentação mas, sim, fazer o uso correto do mesmo, como usar somente o necessário que é três gramas ao dia. "Fazendo o uso incorreto do cloreto de sódio aumenta o volume circulante e, com isso, faz o individuo beber muita água, retendo o liquido do corpo e aumentando a rigidez da artéria.É claro que se o individuo tiver casos de hipertensão na família, terá uma tendência de herdar a doença e, não cuidando da saúde, pode chegar a óbito. O ideal é comer frutas e vegetais que contenham pouco sal", alerta.

Outro cardiologista, Antonio Carlos Braga de Morais diz que o sal deve ser consumido com equilíbrio. Segundo ele, as pessoas que não são hipertensas podem usar até seis gramas diárias,pois cortando bruscamente o sal dos alimentos pode ocorrer uma desidratação do organismo. Por outro lado, as pessoas que são hipertensas devem consumir somente duas gramas diárias de sal.

Ele destaca ainda que em países em que as pessoas fazem o uso moderado do sal, o número de hipertensos é menor. Para ele o sal é importante, mas deve ser consumido de forma controlada.

Exemplos não faltam. Claudete do Carmo Pichinin, 45, e a sua mãe Eurideces Molinari Pichinin,70,são hipertensas e reaprenderam a controlar o sal."Não é fácil. Sempre substituo com ervas, molho de soja tipo shoyu, molhos de salada prontos, ketchup e mostarda. Após algumas semanas reduzindo o sal, o paladar foi acostumando e dando sabor aos alimentos",relata Claudete.

Nivaldo Bueno,48, abusava muito do sal, hoje ele trata de pressão alta e eliminou o sal da sua vida. Robson Ferreira, 32, é outro exemplo. Recentemente ele descobriu que é hipertenso e, desde então, reduziu o sal e optou por comidas frescas, feitas em casa,deixando de lado as refeições pré-preparadas.

De acordo com o Ministério da Saúde, as pessoas ingerem cerca de trinta gramas de sal por dia, quando o ideal é ingerir, no máximo, doze gramas.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/