Ageuniara

Estudantes encontram dificuldade em conciliar escola e trabalho

Por: JHÔNATAN CARLOS DE OLIVEIRA ANTONIO

01/06/2012

Conciliar escola e trabalho nem sempre é uma tarefa fácil. Afinal, é preciso ter tempo para se dedicar às duas atividades e a grande queixa das pessoas é justamente a falta de tempo para realizar outros projetos, além da vida profissional.

Dos 1450 alunos matriculados no início do semestre em uma Escola Técnica de Araraquara, 198 abandonaram ou trancaram a matrícula do curso, o que representa mais de 13% do total de alunos.

No momento de trancar a matrícula, os alunos recebem um formulário onde precisam assinalar o motivo do trancamento. Dos 79 alunos que preencheram o documento, 80% relataram problemas de incompatibilidade do horário de trabalho com o da escola.

A recepcionista de uma clínica médica, Aline Cristina Ferreira, de 19 anos, conta que teve que parar o curso de Enfermagem para poder trabalhar. “Eu estava no terceiro semestre do curso, quando fui convidada para trabalhar na clínica. Como os horários não batiam, tive que trancar a matrícula”, conta a ex-aluna que só foi contratada pelo fato de ter feito pelo menos dois semestres do curso.

Para minimizar os índices de evasão, empresas e governo buscam oferecer vagas de estágio para incentivar os estudantes a concluírem o curso. Neste primeiro semestre, a FUNDAP, órgão do Estado de São Paulo que oferece bolsas de estágio a estudantes de Ensino Médio, Técnico e Superior, disponibilizou, para Araraquara, 102 bolsas de estágio, sendo 23 vagas para o Ensino Médio, 5 vagas para Cursos Técnicos e 74 vagas para quem cursa o Ensino Superior.

O estudante de Ciências da Computação, Caique Lopes Sousa, 19 anos, conta sobre os benefícios do estágio. “O estágio é muito importante porque me permite entrar no mercado de trabalho ao mesmo tempo em que estou estudando. Então, tenho tempo para as duas coisas”, afirma.

Além disso, o estudante comenta que o estágio facilita no momento de ser efetivado. “Não tenho dúvidas de que uma empresa irá selecionar um candidato que já tem experiência na área, do que alguém que terminou uma faculdade ou qualquer outro curso sem ter feito estágio ou trabalhado na área”, conclui.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/