202009190659

mostrar mensagem ]

AVISO DE PRIVACIDADE

A proteção dos seus dados pessoais é importante para nós. Adotamos as melhores técnicas para deixar esse site seguro. Estamos atualizando nossa política de privacidade e termos de uso do site. Em breve, ela estará aqui para você saber o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Condomínio do CDHU em Jaboticabal deixa 117 famílias esperando para se mudar

Por: FÁBIO RODRIGO PENARIOL

11/05/2012

No bairro COHAB I, em Jaboticabal, a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) implantou três condomínios. Entretanto, um dos condomínios construídos ainda não foi liberado para moradia, deixando 117 famílias esperando o dia de se mudar.

No total, são 351 apartamentos sorteados mas apenas 234 foram liberados para moradia, no inicio de 2012. No entanto, o que está preocupando as pessoas que aguardam para se apropriar de seus imóveis é o fato de um terço dos apartamentos estarem inabitados, isso, após quatro meses da entrega das primeiras chaves.

Para esclarecer as dúvidas da população, a reportagem da Ageuniara entrou em contato com a EMURJA (Empresa Municipal de Urbanização de Jaboticabal) que age como intermediária entre o município e o escritório da CDHU,que fica em Ribeirão Preto.

Segundo a EMURJA, o que estava impedindo o andamento do processo de habitação eram os problemas com a construtora, que hoje já foram solucionados mas ainda faltam os acabamentos da obra.

Silvia Monise, 38 anos, que trabalha como doméstica e se mudou há um mês para um dos prédios do CDHU comentou sobre a demora. “Ouvi dizer que uma parede rachou em um dos prédios. Não sei se foi por isso que ainda não liberaram os apartamentos, mas é uma situação ruim porque os moradores estão esperando há um bom tempo para ter sua casa”, explica.

A EMURJA informou que entre os dias 14 e 17 de maio, os contemplados serão convidados para fazer a atualização dos dados cadastrais. Em seguida, os dados serão analisados e, provavelmente, haverá o sorteio de endereços e chaves dos apartamentos até o final de junho. Também será criado o conselho diretivo para tomar conta do condomínio.

Após a demora, os futuros moradores não veem a hora de se mudar. Marcos Antonio Mirambelli, que mora no sítio e trabalha como servente de pedreiro, criticou a demora, mas também comentou o lado positivo. “Essas obras demoraram muito, mas estou contente porque agora eu vou me mudar para a cidade”, comenta. “Sem contar que ficarei mais próximo das obras em que eu for trabalhar”, conclui.

Requisitos para ser um contemplado pelo CDHU

O CDHU destina 7% dos imóveis a pessoas com deficiência, 5% a idosos e 4% para policiais e agentes penitenciários. Para garantir um apartamento é necessário ter renda entre um e dez salários mínimos, não possuir imóvel próprio e não ter sido atendido em outros programas de habitação. Também é preciso ser residente em Jaboticabal no mínimo há três anos ou comprovar que o chefe de família trabalha na cidade pelo mesmo período.

Os beneficiados têm o prazo de 25 anos para quitação do financiamento. O governo estadual oferece subsídios que são calculados de acordo com a renda de cada família.

Os contemplados que tem interesse em renovar o cadastro devem comparecer até o dia 14 (próxima segunda) na EMURJA que fica na Rua Mimi Alemanagna, 37, no centro, para combinar o dia de apresentar os dados cadastrais para atualização de documentos.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/