Ageuniara

Acidentes por condições adversas é a causa de mortes nas estradas

Por: VALDIR APARECIDO MONTANARO

30/08/2011

Os acidentes causados por condições adversas são as causas de mortes e tragédias nas estradas, inclusive quando se trata de neblina.

Segundo as informações do 1° Pelotão da Polícia Rodoviária,com sede em Araraquara(SP), e que faz a cobertura na vias de São Carlos, Araraquara e Jaboticabal, no período de 1° de Janeiro a 20 de agosto de 2011, foram registrados dois acidentes por causa da neblina nas estradas.Porém, 220 acidentes aconteceram por condições adversas, como chuva e outros.

O instrutor de direção defensiva e bombeiro de Ibitinga(SP), Paulo Sérgio do Nascimento acredita que os acidentes causados por condições adversas podem provocar mortes e tragédias; principalmente quando se trata de neblina. “Noventa por cento dos acidentes são causados por falhas humanas em condições adversas”, afirma o instrutor.

De acordo com Nascimento, geralmente os motoristas que não receberam o treinamento adequado de direção defensiva,por exemplo,infelizmente acabam cometendo grandes falhas e negligências e colocam em risco a própria vida e a dos demais condutores.

"No caso da neblina, as pessoas têm o costume de trafegar com o veículo com os faróis altos e o pisca alerta acionado, que é totalmente incorreto. O condutor deve reduzir a velocidade do veículo, manter uma boa distância do veiculo da frente e se houver grande prejuízo de visibilidade parar em uma área segura", orienta.

Ele acredita que no Brasil há pouco treinamento em relação à direção defensiva e o correto era ter não só em escolas especializadas, mas em todas as entidades, como empresas e igrejas. E que é fundamental fazer a revisão preventiva no veículo periodicamente.

Motorista de ônibus de Tabatinga(SP), Severo Gallio, conta que viaja há anos e que vê muita imprudência e despreparo por parte dos motoristas quando se encontra em situação de neblina ou outra condição adversa e isso faz com que existam acidentes nas estradas. “Acho que as autoridades deveriam pensar em uma forma de fazer uma reciclagem geral, para que todos motoristas, tanto de carro, ônibus e caminhões, tomem mais consciência do perigo que significa as estradas”, observa Gallio.

De acordo com dados da Polícia Rodoviária de Araraquara, de janeiro a agosto aconteceram 1.290, acidentes nas rodovias de São Carlos a Jaboticabal, sendo que 49 foram fatais.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/