Ageuniara

Tecnologia 3D é novo chamariz do cinema em Araraquara

Por: PAULA DOS SANTOS

13/05/2011

O cinema com tecnologia 3D faz sucesso no mundo inteiro e é um chamariz na região de Araraquara, interior de São Paulo. A cidade tem dois cinemas, num total de sete salas, e uma delas foi adaptada para a tecnologia 3D de projeção.

Os dois cinemas de Araraquara funcionam em Shopping. Um no Lupo, com três salas, e outro no Jaraguá, com quatro salas. Uma delas foi adaptada para projetar filmes em 3D.

Mesmo sendo pioneira na cidade, a Moviecom, empresa responsável pelo cinema no Jaraguá, está em desvantagem em relação aos concorrentes da região. Em São Carlos, desde o início de abril, uma das três salas do Shopping Iguatemi começou a projetar filmes no formato 3D. Antes disso, em fevereiro, o “Cine Teatro Matão” investiu e trouxe a tecnologia para a cidade.

O supervisor da Moviecom na região, Renato Cação da Cruz, afirmou que a demora para trazer o cinema 3D para Araraquara se deve a fatores burocráticos que envolvem a compra dos equipamentos necessários. Além do alto custo, o produto é comprado no exterior e o tempo de entrega é grande, principalmente em relação à alfândega. Além do equipamento de projeção, foi necessário reformar a sala e instalar um novo sistema de áudio.

Além disso, Renato ressalta que foi preciso comprar os óculos que são utilizados para visualizar o filme em 3D. É preciso ter um número de óculos três vezes maior do que a capacidade da sala. A cada projeção, os óculos passam por um sistema de limpeza realizado numa máquina específica. O processo é demorado, diz Renato.

Os cuidados de higiene com os óculos são rígidos. Além da limpeza, os funcionários devem usar luvas no momento da entrega e cada vez que a pessoa sair do cinema, terá que pegar um novo óculos para retornar à sala, evitando assim uma possível contaminação.

Com todas as exigências atendidas e os fatores burocráticos resolvidos, o cinema 3D estreia nesta semana em Araraquara e a expectativa dos cinéfilos da cidade aumenta.

Os araraquarenses Daniel Lopes, Alexandre Callari e Bruno Zago, autores do blog “Pipoca e Nanquim”, estão contentes com a novidade. Antes acabavam viajando até Ribeirão Preto para assistir filmes em 3D.

Os blogueiros cinéfilos alertam que os filmes em 3D são produzidos em 2D e só depois adaptados. Poucos são os filmes produzidos desde o início em 3D, como o “Avatar”. Os cinéfilos acreditam que o cinema 3D fará sucesso na cidade e que a novidade pode atrair o público das cidades vizinhas também.

Pela Região

Em Matão e em São Carlos, a tecnologia faz sucesso e em Araraquara não será diferente. As expectativas para o lançamento são grandes, tanto da parte dos responsáveis pela Moviecom, como pelos admiradores de cinema da região.

Matão, por ser uma cidade pequena em relação a São Carlos e Araraquara, não tinha muito público para o cinema, porém, depois de ter adquirido o equipamento para transmitir os filmes em 3D, o movimento cresceu.

Valéria Cadiotti, responsável pelo cinema, afirma que o investimento não foi feito pensando no retorno financeiro que a novidade poderia gerar e sim com o propósito de se manter atualizado e pela realização pessoal dos proprietários, que também são fãs de cinema.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/