Ageuniara

Pré-estréia de Harry Potter reuniu cerca de mil pessoas em Araraquara

Por: LUAN EMÍLIO FAUSTINO

24/11/2010

A última aventura do menino feiticeiro Harry Potter estreou no Brasil à meia noite e um do dia 18 de novembro com o longa-metragem Harry Potter e as relíquias da morte – Parte 1.

Fãs de todas as idades compareceram no Moviecom Jaraguá,de Araraquara(SP),que disponibilizou quatro salas para a exibição simultânea do filme, sendo duas salas com a versão dublada e as outras duas com a versão legendada, no total foram cerca de 1.000 lugares disponíveis para os fãs do bruxinho mais famoso do cinema.

A gerente do cinema Marisa Pampellini disse que a expectativa era de lotar as quatro salas do cinema. A segunda parte, entrará em cartaz em julho do ano que vem e, ao final, serão oito megaproduções baseadas na série de sete romances da escritora inglesa J.K. Rowling.

Publicados de 1997 a 2007, os livros foram traduzidos para 69 idiomas e venderam mundialmente 400 milhões de exemplares. Formam a série infanto-juvenil de livros mais vendida da história, conforme informações contidas na própria contra-capa do livro "Harry Potter e as Relíquias da Morte".

No cinema, o sucesso não foi menos espantoso. Harry Potter já é a franquia de maior êxito. De 2001 a 2009, os seis filmes da saga faturaram US$ 5,4 bilhões em bilheteria,segundo informações da Associated Press.

Dividir um livro em dois filmes parece uma jogada comercial. Mas, segundo o produtor David Barron, a motivação foi outra. “Muitas vezes cortamos cenas agradáveis de ler, mas que não ajudavam a avançar a história”,declarou em entrevista ao site: www.omelete.com.br.

A medida foi aprovada pela estudante Marina Biagione de 14 anos, a primeira a chegar no cinema com onze horas de antecedência. “Eu gostei porque vai dar para eles colocarem mais detalhes dos livros”.

Ela conta que chegou bem cedo ao cinema porque considera importante e um orgulho poder ser a primeira.

O clima predominante no cinema era de grande fraternidade, pessoas que nunca tinham se falado antes eram verdadeiros amigos de infância nas filas, tendo como assunto em comum, é claro, “Harry Potter”.

Algumas pessoas conseguiram ler partes do último livro enquanto esperavam o começo do filme e não foi difícil encontrar aqueles que foram vestidos a caráter, com chapéu na cabeça e varinha na mão.

Marcos Antonio Gonçalves dos Santos, de 24 anos, o "Garuda", como prefere ser chamado, é um dos muitos fãs que cresceram lendo os livros da série.Ele já perdeu as contas de quantas vezes releu cada um. “Harry Potter, em vários momentos, ensina várias lições de morais. Valores como a Amizade, a Coragem, a Perseverança, a Lealdade e muitas outras. Cada ensinamento dado por Alvo Dumbledore (tutor de Harry Potter)ultrapassa a linha da ficção e pode ser utilizado na nossa vida”,pontua o estudante de Letras.

Sobre o clima de despedida, uma vez que se trata da primeira parte do último livro, Garuda revela que ao terminar de ler o livro Relíquias da Morte, se sentiu meio triste. “É estranho depois de todos esses anos acompanhando a história isso terminar, mas devido a maestria de J. K. Rowling, o final foi perfeito, e sim já sinto saudades de poder viver novas histórias em Hogwarts”, conclui.

Após a exibição do filme o que se viu foi uma grande expectativa para a segunda parte e o grande desfecho.“Eu adorei essa primeira parte das Reliquias da Morte, ficou muito fiel ao livro e a atuação do trio está muito boa, até aqui de todos os filmes da série esse, de longe, já é o meu favorito”, comenta Nilton Junior Storino de 20 anos.

Quem ainda não viu o filme, pode conferir no Cine Jaraguá e no Cine Lupo, o filme deve permanecer em cartaz até meados de dezembro.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/