Ageuniara

1ª FAIPET será realizada em Descalvado

Por: VITOR HUGO FRANCESCHINI DE CARVALHO

17/08/2010

Entre os dias 9 e 12 de setembro acontece, em Descalvado (SP), a 1ª FAIPET (Feira agroindustrial e de produtos PET). A cidade, que já foi capital do frango de corte, busca um novo título, o de capital dos produtos PET,produtos para animais de estimação e seus derivados.

O evento será promovido pelo Sindicato Rural Patronal, com apoio institucional da prefeitura, em parceria com a ANFALPET(Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos para Animais de Estimação).

“Planejamos a FAIPET de forma a entrar no cenário nacional e atrair novos investidores deste segmento. Somamos parceiros e as empresas já instaladas em Descalvado têm auxiliado significativamente por acreditarem em nossa proposta. Trata-se de um evento popular e de negócios que promete entrar para a história da cidade”, afirma o prefeito da cidade,Luis Antônio Panone(PPS).

As parcerias para a realização da feira não se limitaram às empresas do ramo. Entidades como SEBRAE, SENAI e Parqtec de São Carlos(SP) mostraram interesse e participarão de desenvolvimentos de projetos para o evento.

“O SEBRAE e as entidades parceiras aqui presentes estão empenhadas no projeto de desenvolvimento de Descalvado. A competência e o rigor demonstrados pelo prefeito e seu secretariado mostra a credibilidade das ações, como a FAIPET, onde fazemos questão de participar, inclusive com stands”, diz Fábio Bonassi, gerente regional do SEBRAE.

Já o professor Sylvio Goulart Rosa Jr., diretor presidente do Parque Tecnológico de São Carlos (Parqtec), aposta em um grande desenvolvimento econômico da cidade e destacou também a importância das incubadoras de empresa e a feira descalvadense.“Temos a incubadora como um instrumento de desenvolvimento local e isto é o que vai acontecer em Descalvado. Acredito que a FAIPET será de suma relevância para transformação profunda na economia local”.

Atrações da Feira

No site da prefeitura de Descalvado( www.descalvado.sp.gov.br) é possível encontrar informações importantes sobre a FAIPET que contará com vários stands, atrações do ramo PET e grandes shows musicais.O interessante é a forma estratégica com que será montada a Feira.

Segundo informações do site, haverá dois pavilhões de exposições. O primeiro, denominado “ExpoPet”, contará com 36 stands voltados exclusivamente para as empresas do setor, sendo 26 com 9 metros quadrados e 10 medindo 25 m², destinados às empresas chamadas “âncoras”, de maior porte.

Conforme o site o local ocupará um espaço estratégico, já que todos os visitantes obrigatoriamente terão de passar pelos stands. Nesse pavilhão, também haverá atrações especiais, como o “Pet Fashion Week”, com o objetivo de mostrar o que há de tendências da moda voltadas para animais de estimação, como cães e gatos.

O site também informa que na entrada do local em que funcionará a FAIPET, na rua João Augusto Cirelli, será montado um parque de diversões, junto à minifazenda, com exposição de pequenos animais. Será construída uma arena, medindo 800 metros quadrados, com grama sintética e arquibancada para dois mil espectadores. Ao lado será montada uma arena, em que acontecerão as provas de tambor e a apresentação de cavalos andaluzes.

Ainda, de acordo com o site, estão previstas exibições do Instituto Cão Guia Brasil – que tem por objetivo o treinamento de cães para servirem de guias para pessoas com deficiências visuais -, e de cães treinados pela Polícia Militar. Uma outra atração inédita na cidade será a presença de Verônica, a ‘Miss Brasil Cat” – considerada a gata mais bonita do país.

Conforme informa o site estão confirmadas duas provas de agility, dentro da etapa do campeonato nacional da modalidade. O agility consiste em fazer com que o cão percorra um circuito de obstáculos em menor tempo possível, com um menor número de faltas. Os organizadores do evento preparam a 1ª “Cãominhada”, com cães e gatos, partindo da loja “Cães & Cia” em direção à FAIPET.

Entre as atrações musicais já confirmadas pela organização do evento estão:Inimigos da HP (9), Calcinha Preta e Orquestra Sinfônica da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) (10), Titãs (11) e João Neto e Frederico, no dia 12 de setembro, encerrando a 1ª FAIPET. Para o maior conforto do público, serão montados camarotes, praça de alimentação – com lanchonete e restaurante - e disponibilizados cerca de 50 sanitários químicos.

Está previsto um rigoroso esquema de segurança, envolvendo policiais militares e segurança privada. Ao final de cada show, uma boate garantirá o agito dos presentes durante a madrugada.

População se divide

O mais curioso é que o evento contará com diversas atrações de peso e terá entrada gratuita.A prefeitura afirma que investirá maciçamente na festa, juntamente com os demais parceiros da indústria, do comércio e segmentos da sociedade civil.

Para tanto, a prefeitura formaliza uma parceria com a ACID (Associação Comercial e Industrial de Descalvado), que criará uma espécie de banco de dados dos moradores da cidade.

“Nós, Becão (vice-prefeito PTB) e eu, fizemos questão de proporcionar aos descalvadenses um evento especial, como nunca antes visto na cidade, voltado primordialmente para os produtos PET. Nós queremos firmar Descalvado no cenário nacional, como a Capital Nacional dos Produtos PET, e dar visibilidade ao que nós produzimos de melhor em nossas indústrias e comércio. Uma festa realmente popular, porque a entrada será franca aos moradores da cidade”, observa o prefeito.

O munícipe Wilson Scatollini Filho, advogado, é a favor da realização do evento, pois acha que é uma grande oportunidade para a cidade.“Descalvado está crescendo com a linha PET, com muitas variedades em produtos, proporcionando uma qualidade aos consumidores e aumentando a nossa produção no decorrer dos dias”.

Já Antônio Amadeu Carvalho, aposentado, acha que a festa pode ser um benefício para a cidade, mas merece o olho aberto da população. “Descalvado poderia investir na produção do frango de corte, mas isso faliu faz tempo. Já que produz ração para animais, pode fazer um evento baseado nisso. Quanto a entrada ser franca acredito que seja bom, desde que não rachem os cofres públicos”, finaliza o aposentado.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/