mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Matão não deverá receber internet grátis

Por: ALEXANDRE POMPEO

18/05/2010

Recentemente disponibilizado em Araraquara(SP), para utilização da população em vários pontos da cidade, o sinal de internet sem fio (WI-FI) divide opiniões e coloca o município no centro das discussões sobre a democratização da internet.

A iniciativa do governo municipal araraquarense chamou tanto a atenção, que cidades vizinhas têm estudado alternativas semelhantes para fazer valer o que pode ser considerada a mais nova empreitada voltada à promoção da inclusão digital.

E em Matão (SP), outras propostas estão tomando espaço no tocante ao acesso gratuito à internet. As primeiras manifestações sobre a questão surgiram no Poder Legislativo, com a apresentação de duas proposituras que versaram sobre o fornecimento do sinal gratuito de internet aos moradores de Matão.

Do vereador Tadeu Bellintani Trench (PT), a concessão do sinal gratuito foi pedida por intermédio da indicação nº 208/2010 apresentada em março de 2010, e por parte do vereador Amador Ramón (PP), o pedido foi reforçado com a indicação nº 260/2010, colocada em plenário um mês após a indicação de Tadeu Trench.

No entanto, mesmo sendo da vontade de muitos, o secretário de governo, Sebastião de Deus Moreira (Tiãozinho), explica que o Executivo matonense não tem intenções, em curto prazo, de instalar antenas e distribuir o sinal da maneira como vem sendo feito em Araraquara.

Segundo ele, a democratização do acesso à rede mundial de computadores está chegando a Matão de outra forma, com o apoio dos Centros de Inclusão Digital (CIDs), que prometem suprir a demanda crescente do acesso à internet. “As unidades do CID compreendem uma alternativa de democratizar a informação digital. Nas escolas, as crianças já sabem mexer no computador, uma vez que elas têm a oportunidade de usar estas máquinas, na própria escola, e representam uma geração que nasceu em meio a essa revolução digital",explica Tiãozinho.

"Então, estamos criando esses Centros de Inclusão Digital, no Jardim São José, Nova Cidade e Vila Cardim, por exemplo, onde a maior parte do nosso público é formada por pessoas carentes ou com idade superior a 35 ou 40 anos, pessoas que desconhecem as práticas cibernéticas mais elementares",acrescenta.

Ainda, de acordo com Tiãozinho as inscrições têm sido muitas. "Para estes centros, já recebemos mais de 800 inscrições e neles, pessoas de mais idade estão tendo agora a chance de integrar o mundo virtual. Dada a situação de usuários com esse perfil, estamos sendo bem-sucedidos na instalação destes centros”,completa.

Os CIDs

Projetados para oferecerem acesso à internet à população e outros serviços na área da computação, os CIDs têm computadores ligados em rede em pontos estratégicos do município, sendo geralmente instalados em locais anexos ou no interior de prédios públicos, como a que está disponível na Biblioteca Municipal "Maria de Lourdes Lian".

Além desta, a mais nova unidade do serviço foi inaugurada há menos de um mês, nas dependências do Centro de Atenção à Juventude (CAJU). Esta unidade possui 45 computadores, impressoras e projetores multimídia e está dotada também de cinco salas e três banheiros, inclusive com mecanismos de acessibilidade para pessoas portadoras de deficiências.

Para utilizar os CIDs em Matão, os interessados precisam apresentar somente o RG ou Certidão de Nascimento, comprovante de endereço e efetuar o cadastro na própria unidade, nos horários das 8h às 12h ou das 13h às 18h.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/