Ageuniara

Banda larga gratuita é uma das propostas aprovadas em Conferência

Por: KEITE ALINA MARQUES DA SILVA

13/11/2009

Das propostas discutidas e aprovadas na 1º Conferência Municipal de Comunicação em São Carlos, uma a se destacar no relatório final é o incentivo a internet sem custos e livre a todos.

A proposta está direcionada aos meios de distribuição da informação e propõe a implantação da banda larga pública gratuita para todos no Município, a partir da infraestrutura da Rede Metropolitana de São Carlos e implantação do Servidor Público Municipal de Internet, para hospedagem de conteúdos e serviços.

Para Rodrigo Botelho, Coordenador de Comunicação da Rádio UFSCar e especialista em software livre, São Carlos tem cenário propício para execução de novas tecnologias digitais, totalmente gratuitas e de fácil acesso. “Um projeto já vem sendo desenvolvido pela UFScar e pela USP, chamado "Redesanca" e tem como finalidade otimizar suas redes de alta velocidade com outros pontos públicos, como escolas, bibliotecas, centros educacionais etc. A fibra ótica sai das Universidades interligando e distribuindo internet sem fio de forma gratuita para toda a cidade, mantendo a mesma estrutura e qualidade utilizadas em suas fontes”, explica Rodrigo.

Foram apresentadas também, como propostas, a construção de políticas públicas de fomento à produção popular; a criação e manutenção de equipamentos públicos para produção e distribuição de conteúdos audiovisuais, sonoros e textuais; e também, a criação de Fundo e mecanismos de fomento à produção de conteúdos audiovisuais, sonoros e textuais (pontos de mídia livre municipais).

Segundo Botelho, a produção da conferência e de suas propostas foi muito bem estudada e discutida, pois o maior objetivo está em que a população se interesse cada vez mais pelo conteúdo e pela participação dentro dos meios públicos como forma de expressão. “Eu acredito que a população está interessada no assunto e a fim de ampliar mais seus conhecimentos. A Rádio UFScar possui dentro da sua produção, a participação de voluntários da comunidade na proposição e execução de programas musicais e informativos, que representem os gostos, sugestões e opiniões da sociedade”, completa Rodrigo.

Outro ponto importante mencionado no relatório é o fortalecimento da TVE-São Carlos, a partir do incremento no financiamento público à TV, de estudo para criação de um fundo municipal e da reavaliação do papel e da composição de seu Conselho de Programação. Para Diego Doimo, superintendente Executivo da TVE São Carlos, as tevês públicas têm papel fundamental na difusão e produção de conteúdos audiovisuais. “Elas têm a missão de não ser repetitivas como as comerciais, além de ter espaço para a experimentação”, explica Diego.

A conferência foi realizada nos dias 27 e 28 de outubro, no paço municipal. Os temas da pauta foram Democratização na Produção e a Participação Pública nos Meios de Comunicação, visando discutir e propor novos parâmetros a serem aplicados nos veículos públicos de comunicação.

Para o Secretário de Comunicação, Leandro Severo, as questões em debate na Conferência mobilizam não apenas um conjunto da sociedade brasileira, mas também, de toda América Latina que discutem a democratização dos meios de comunicação. “Existem problemas profundos que devem e precisam ser enfrentados para que a população tenha acesso à informação. È um direito fundamental da sociedade em não receber a informação de forma manipulada e nem parcial”, Comenta o Secretário.

As propostas discutidas no encontro de São Carlos também serão encaminhadas e apresentadas nas conferências Estadual e Nacional.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/