mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Araraquara terá tratramento especial para anemia falciforme

Por: LUCAS DE ALMEIDA MASSEI

12/09/2007

Araraquara (SP)terá,até o final do ano,um programa municipal de anemia falciforme.A lei de autoria da vereadora Edna Martins(PT) foi aprovada recentemente e deverá ser colocada em prática no mês de novembro.

Com recursos federais de aproximadamente R$ 200 mil, o programa espera atender os portadores de anemia falciforme de Araraquara e região com acompanhamento específico e medicação gratuita.

De acordo com Mary Cristina,coordenadora executiva do programa de saúde de Araraquara, com a implantação do programa,será possível detectar a anemia falciforme desde a infância, a partir do teste do pezinho.

"Além do acompanhamento,haverá uma capacitação de médicos e agentes da saúde para lidar melhor com os casos de anemia falciforme.O SUS (Sistema Único de Saúde) também estará encaminhando medicamentos para custear o tratamento", explica Mary Cristina.

Para Virgilina Caetano da Silva, que descobriu ser portadora de anemia falciforme, há 15 anos, o programa municipal surge em um momento decisivo, já que o tratamento para este tipo de doença tem um custo elevado.

"Tomo muitos remédios, entre eles polivitamínicos, que custam muito caro.Meu salário de funcionária pública fica praticamente na farmácia.Espero que esta lei realmente beneficie quem tem anemia falciforme”, conclui Virgilina.

Segundo o assessor especial de Promoção da Igualdade Racial da prefeitura de Araraquara, Washington Lúcio Andrade, mais do que serviço de atendimento, a rede básica de saúde deve preparar seus profissionais e orientar a população, com divulgação e informações sobre a anemia falciforme.

"Infelizmente a anemia falciforme ainda é tratada com preconceito.Poucos conhecem os seus sintomas e conseqüências.Com a informação chegando até mesmo nas escolas, podemos diminuir essas diferenças", afirma Washington.

Anemia Falciforme

Muito comum na população negra e seus descendentes, a anemia falciforme é uma doença hereditária que altera os glóbulos vermelhos de uma pessoa e afeta diretamente a hemoglobina.Conseqüentemente, se não for tratada causa complicações para o portador, podendo levá-lo até a morte.

Seus principais sintomas são crises dolorosas nos ossos, palidez, cansaço, inchaço nos membros, feridas e tendência para infecções.

Apesar de não ter cura, a anemia falciforme não é contagiosa, mas pode ser controlada através de medicamentos e cuidados básicos de saúde.

Onde buscar assistência médica?

Postos de saúde, Centro de Referência Afro ou através do disque saúde do SUS, 0800 61 1997.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/