Ageuniara

São Carlos homenageia imigração árabe com eventos culturais

Por: TATIANE FURUKAWA LIBERATO

04/03/2007

Para comemorar seu sesquicentenário, no dia 4 de novembro deste ano, o município de São Carlos desenvolve atividades culturais desde o ano passado. Neste mês de março a programação prevê atividades em homenagem à colônia árabe para enfatizar a contribuição desses imigrantes no desenvolvimento da cidade.

Os eventos que abrem o mês de cultura árabe em São Carlos são a exibição do filme “O Caminho para Guantánamo” e a primeira parte da oficina de cultura árabe organizada para crianças.

O filme “O Caminho para Guantánamo” (Inglaterra, 2006), dirigido por Michael Winterbotton, retrata de maneira chocante e atual as questões de identidade, território e sentimento de nação do povo árabe. Vem sendo exibido em várias sessões no Teatro do Sesc São Carlos, desde sexta-feira. Neste domingo, 4 de março, a sessão começa às 19h30 (inteira R$ 6; meia R$ 3; usuários R$ 2 e comerciários, R$ 1).

A primeira parte da oficina infantil de cultura árabe foi realizada no sábado, 3 de março. O evento se completa com mais três encontros, sempre aos sábados, das 14 às 16 horas, no Centro Municipal de Cultura Afro-Brasileira (Rua Dona Alexandrina, esquina com Treze de Maio).

A oficina é gratuita e pode ser frequentada por crianças de 5 a 10 anos. É ministrada por Elisabete Cândido Rodrigues, uma monitora experiente de recreação infantil. Consiste em contar histórias, lendas e mitos do Oriente Médio nos dois primeisos encontros e atividades de dança folclórica nos demais. Há 15 vagas e as inscrições devem ser feitas pessoalmente na Estação Cultura (Praça Antônio Prado, s/n – prédio da Antiga Estação Ferroviária) ou pelo telefone (16) 3373-2700.

No dia 6 será aberta a exposição da artista plástica são-carlense Nájela Faiad, no Centro Municipal de Cultura Afro-Brasileira.

Duas outras mostras completam a programação estruturada para homenagear a comunidade são-carlense de origem árabe: a exposição fotográfica Amrik – Presença Árabe na América do Sul, no 3º andar do bloco E1 da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), no campus são-carlense da USP, entre os dias 13 e 22; e a exposição “A Presença Imigrante em São Carlos: A Cultura Árabe”, produzida pela Fundação Pró-Memória, que será aberta dia 21 na plataforma da Estação Cultura.

No dia 8, no campus II da Fundação Educacional São Carlos, na Vila Prado, a Profª Drª Eliane Moura Silva (Unicamp), ministra a primeira palestra de um ciclo com o tema “Questões de Gênero e o Islamismo”, que continua nos dias 20, no auditório da Fundação Pró-Memória, com a exposição do Prof. Dr. Mamede Jarouche (USP) sobre “Literatura Árabe”; dia 22, no anfiteatro José Caron, no campus são-carlense da Universidade de São Paulo, com a participação do Prof. Dr. Aziz Ab Saber (USP), que falará sobre “Trajetória de um Descendente Árabe”; e termina dia 28, no auditório da Fundação Pró-Memória, com o tema “Influência da Cultura Árabe no Ocidente”, a cargo da Drª Soraya Smaili (ICÁrabe/FPM-USP).

Nos dias 9, 10 e 11 a “Festa das Nações: A Contribuição da Cultura Árabe” acontece na Praça Maria Apparecida Resitano (Praça do Mercado), onde permanecerão montadas dezenas de barracas de alimentação e artesanato típicos. A abertura da Festa das Nações será na sexta-feira, entre as 19 e as 22 horas, com a apresentação de danças folclóricas. No sábado, das 16 às 22 horas, haverá show de Tony Mouzayek e Banda. No domingo, também das 16 às 22 horas, haverá apresentações de dança do ventre e de outras danças tradicionais.

A Prefeitura de São Carlos conta com uma equipe de administração da FESC (Fundação Educacional São Carlos), fundação municipal de ensino e divulgação científica técnica e cultural. “Os programas, projetos e atividades desenvolvidas propiciam oportunidades educacionais para a atualização e o enriquecimento constante de conhecimentos, considerando que a educação permanente representa uma promessa de efetivar um caminho de crescimento e de qualificação de vida para todas as pessoas, de todas as idades", adverte a diretora-presidente, Elisabeth Márcia Martucci.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/