mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Seca deixa região em alerta

Por: HUNCAS CARVALHO MONTEIRO

13/09/2006

A seca que assola Araraquara(SP) e região preocupa a Secretaria de Estado do Meio Ambiente. E não é por menos. No centro de Matão(SP),por exemplo, a umidade do ar alcançou patamares críticos, chegando á 10%, na última sexta-feira (8/9), sendo que, o estado de alerta fica entre 20 e 30%. Em São Carlos(SP) a umidade do ar ficou na faixa de 10% também. Segundo a Defesa Civil o índice é um dos mais baixos da história da cidade.

Araraquara registrou um índice de 13%, levando a Secretaria de Estado do Meio Ambiente a cancelar as queimadas de cana. Segundo Rodrigo Souza, Técnico Ambiental, “as queimadas de cana aumentam a temperatura do ambiente, conseqüentemente o nível de evaporação da água também aumenta, assim a umidade relativa do ar tende a cair agravando o período de seca".

Ele explica que as regiões que não possuem grandes quantidades de cana plantada, não possuem queimadas e não chegam nem de perto de registrar índices tão baixos de umidade do ar.

"As queimadas liberam a chamada fuligem negra que contém uma substância cancerígena, denominada carcinogênico. A população da nossa região respira esse pó cancerígeno e nossos animais de pastagens ingerem tal substância que repousa sobre os pastos", informa.

Os mais atingidos pelo clima seco, em geral, são as crianças e os idosos, com vários problemas respiratórios, lotando os ambulatórios. A estrutura de saúde da região não está bem preparada para tantas ocorrências.

A economia da região também é afetada. Os pastos secos reduziram a oferta de alimento para o gado, fazendo o preço da arroba da carne subir 16%, mesmo com o aumento o setor não conseguiu escapar da crise.

De acordo com o pecuarista Pedro Rocha,“a falta de pastagens obriga o produtor a complementar a alimentação dos animais com ração de farelo de milho ou soja, triplicando o custo da produção e conseqüentemente o custo da carne para os consumidores".

Segundo a assessoria de imprensa da Secretária de Estado do Meio Ambiente o problema tende a se agravar caso as chuvas prometidas pelos metereologistas não atinjam os índices de pluviosidade necessários para que a situação volte a normalidade.

Prevendo o pior, a Secretaria do Meio Ambiente criou um disque-denuncia, que passou a funcionar a partir do dia 10 de setembro, com o objetivo de controlar as queimadas urbanas e rurais além de outras questões ambientais relacionadas á seca. O horário de funcionamento é das 8h às 24h. O telefone para denuncias é 0800 771 0440.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/