Ageuniara

Vestibulandos enfrentam momento de decisão

Por: MAYSA LEITE PEDRO ANTONIO

13/09/2006

Para os vestibulandos a época é de escolha.Entre aproximadamente 130 diferentes cursos oferecidos por quase 900 faculdades, opção é que não falta. Mesmo assim, estimativas apontam que apenas cinco, em cada 100 vestibulandos de primeira viagem, estão absolutamente certos de sua escolha antes da inscrição para as provas.

Todos querem uma profissão que traga realização e dinheiro, mas poucos têm certeza do que querem seguir pela vida inteira. Na dúvida, grande parte acaba optando por carreiras tradicionais como Direito, Medicina, Odontologia ou Engenharia.

Há quem diga que a causadora de grande parte dessa insegurança é a pouca idade que os vestibulandos têm na hora da decisão. No Brasil é, em média, entre 17 e 18 anos que os jovens fazem sua opção profissional, diferente de outros países.

Para a psicóloga Maria da Graça Alvarez, “a pouca idade é um fator que contribui muito para a indecisão do jovem, mas junto a ele outros fatores se somam como a pressão familiar, a realização financeira, entre outros.”

Raros são os jovens que se preocupam em discutir, antes do ano do vestibular, o que vão ser quando crescer e todos têm que se decidir antes de fazer as inscrições para as provas.

“É para ajudar na decisão do aluno, que promovemos palestras, testes vocacionais, visitas às feiras de profissões nas universidades da região.”, diz Andréia, secretária de uma escola particular em Matão (SP).

O teste vocacional é muito procurado por jovens nesta época.“Próximo ao vestibular fazemos de 3 a 4 testes por dia aqui na clínica,” diz a psicóloga Maria da Graça. Ela ainda comenta que “testes vocacionais são bons para apontar caminhos, não para dar respostas acabadas. Os testes também erram. "Por exemplo, seu teste pode dizer que deveria ser advogado. Termina fazendo administração de empresa, acaba sendo professor, e não se arrepende.”

As feiras de profissões também são procuradas nesta época.Promovidas justamente com esse objetivo, essas feiras esclarecem e mostram na prática os cursos oferecidos pelas universidades, além das diversas áreas de atuação do profissional.

Segundo Bárbara Emanuele, monitora do Laboratório de Biomedicina na Fec 2006( Feira de Cursos da Uniara),“com a exposição dos cursos as pessoas têm a oportunidade de aprender um pouco mais, ou então se decidir por algum curso.”

Para o visitante da feira, Luiz Fernando, esse é um tipo de esclarecimento importantíssimo.“Primeiramente a pessoa tem que conhecer bem a futura profissão, ver as possibilidades de mercado, ter conhecimento da área para não ficar com dúvidas e se arrepender; e é aqui que ela tem chance de se informar sobre tudo isso,” completa o vestibulando.

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Araraquara (SP), também realizou, a 7ª edição da feira de profissões no período de 27 à 29 de julho. Esta feira recebeu mais de 15 mil visitantes.

Os indecisos devem se decidir logo. Os vestibulares mais concorridos já abriram suas inscrições. Na Universiddae de São Paulo (USP), as inscrições, nas cidades do interior (como Bauru, Lorena, Piracicaba, Pirassununga, Riberão Preto e São Carlos), vão até 15 de setembro.

Na Unesp,as inscrições serão feitas de 18 de setembro até 06 de outubro.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/