Ageuniara

Indústrias utilizarão telões nos jogos do Brasil

Por: CARLOS ANDRE DE SOUZA

05/06/2006

A seleção brasileira de futebol fará sua estréia na Copa do Mundo contra a Croácia no próximo dia 13 às 16h. Os outros jogos da primeira fase acontecerão no dia 18, às 13h e no dia 22 às 16h, horários em que muitos trabalhadores da indústria araraquarense estariam em serviço.

Para solucionar este problema e aumentar ainda mais a energia positiva, durante os jogos do Brasil, algumas indústrias da cidade farão uso de telões dentro das próprias fábricas, para que os funcionários acompanhem as partidas.

Este é o caso da Cervejaria Kaiser, que fará uma pausa na produção e proporcionará aos trabalhadores um telão para acompanharem as partidas no próprio local de trabalho.

Segundo Luciana Porsani, acessora de imprensa da fábrica, os funcionários terão ainda pipoca e refrigerante, para não perder o clima de festa da torcida.

Outra indústria que utilizará o recurso do telão é a Cutrale. Segundo Carlos Otero de Oliveira, gerente de relações trabalhistas da empresa, telões serão colocados em algumas unidades e, após os jogos, a produção continuará normalmente. “Mas vai depender de cada unidade e do horário de cada jogo”, afirmou ele.

“Se o jogo acontece às 16 h e o funcionário trabalha até às 18 h, ele poderá ser dispensado para ver o jogo em casa. Mas mesmo assim, a empresa possui muitas unidades e este não é um procedimento uniforme”, diz.

Tudo para que pelo menos a torcida esteja sem desfalques para os jogos do Brasil na Copa. “Aí é só torcer para a seleção seguir vencendo”, completa Otero.

Os trabalhadores da Sachs Embreagens também poderão acompanhar as partidas da seleção através de telões instalados na empresa.

Os funcionários do setor administrativo serão dispensados e compensarão as horas em outras ocasiões, enquanto os funcionários do setor de produção não pagarão pelas horas dos jogos.

Já a Nigro,outra importante fábrica de Araraquara, não terá problemas com dispensa de funcionários. A empresa tem suas atividades finalizadas às 17 h, além de não trabalhar nos finais de semana.

“Os funcionários não precisarão retornar ao trabalho depois dos jogos”, confirma Marcelo Borges Pereira, auxiliar do departamento pessoal da empresa.

Quem também não precisará retornar ao trabalho depois das partidas serão os funcionários da Kawasaki, uma das fábricas localizadas dentro da Embraer.

Para Fernando Zavanella, funcionário da empresa, esta é uma iniciativa muito boa, pois deve se considerar que a Copa do Mundo é um evento que acontece apenas de quatro em quatro anos.

Outras empresas como, por exemplo, a fábrica de meias Lupo e a Nestlé, ainda não definiram qual o procedimento que será usado durante os jogos da seleção.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/