mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Intercâmbios atraem cada vez mais jovens brasileiros

Por: ANDRÉ LUIS DOS SANTOS

17/05/2006

Cresce a procura de jovens brasileiros por programas de intercâmbios, seja para estudar uma língua estrangeira, trabalhar temporariamente no exterior, conhecer e adquirir uma nova cultura ou acrescentar cursos de especialização ao currículo.

O sonho de conhecer um novo país, estar em contato direto com novas línguas, se tornou uma realidade acessível para quase todos os bolsos devido ao grande aumento de empresas que oferecem estes tipos de programas, visando oferecer oportunidades vantajosas em relação custos.

De acordo com dados fornecidos pelas agências, os destinos mais procurados têm sido a Nova Zelândia, Austrália, Canadá e Estados Unidos, devido aos custos e a diversidade de cada país. Já os programas mais procurados são o High School e os programas de trabalho remunerado.

O High School é um programa de estudo que equivale ao nosso Ensino Médio (antigo 2º grau no Brasil), onde o participante freqüenta as aulas, estuda, faz os deveres de casa, tem a rotina como outro aluno qualquer e no período em que estiver estudando, fica hospedado em uma casa de família.

Para os programas de trabalho a melhor opção ainda é os Estados Unidos, sendo o programa AuPair o mais procurado entre os público feminino. Neste a garota passa um ano morando em uma casa de família, cuida das crianças, recebe uma remuneração equivalente a US$ 200 mais bolsa auxílio de US$ 500 para estudar e tem direito a duas semanas de férias.

Outra opção de programa de trabalho legal no exterior é o Work Experience, destinado a universitários entre 18 à 28 anos que queiram trabalhar temporariamente no exterior. Este programa acontece entre os meses de novembro a abril, época em que é inverno por lá.

Neste programa os empregadores estrangeiros vêm até o Brasil, apresentam as ofertas e selecionam os candidatos para trabalhar no país em resorts, estações de esqui, cozinhas e lanchonetes com remuneração de US$ 5 a US$ 10 por hora. Porém,o participante fica responsável por encontrar hospedagem no período do programa.

Michele Fernanda, de 20 anos, embarca em dezembro deste ano para Auckland na Nova Zelândia para trabalhar um ano com AuPair e aperfeiçoar o inglês. “Escolhi Auckland pelo clima do país e por ser uma cidade de natureza exuberante, espero encontrar lá além lugares repletos de beleza natural, um clima hospitaleiro e poder deslanchar com meu inglês. Estou muito ansiosa e com frio na barriga", revela ela.

Segundo Paula Carlos da agência Central de Intercâmbio (CI) de São Carlos (SP), as vantagens de realizar um intercâmbio são muitas. Ela destaca os aspectos de qualidade na educação, vivenciar a rotina de um país desenvolvido e de alta tecnologia, o aprendizado da cultura e da língua estrangeira, o desenvolvimento psicológico e a flexibilidade no desenvolvimento do jovem.

Rodrigo Camatti que participou do programa Work Experience, nos Estados Unidos, relata a experiência que foi participar de um programa de trabalho no exterior. "A satisfação que tenho por ter participado do Work Experience, de ter convivido, conhecendo pessoas, culturas, isso é algo que nunca vou esquecer. Confesso que meus primeiros dias não foram fáceis, a adaptação foi difícil, as pessoas são difíceis porque você é estrangeiro, mesmo eles falarem que não se importam, sempre rola um certo preconceito. Mas quando a gente mostra para que viemos e por sermos brasileiros, tudo vira festa.", ressalta ele.

Em relação às dificuldades,a orientadora de cursos Heloiza Cortez da Student Travel Bureau (STB), de São Carlos, conta que as maiores dificuldades são a saudade e o choque cultural. Porém, segundo ela, "sendo responsável e maduro, o participante supera todas os problemas e dificuldades e curte sua estadia".

Heloiza destaca ainda que mesmo sendo os jovens o público alvo, a agência oferece programas de cursos de idiomas e culturais para pessoas já formadas e até pessoas da terceira idade.“Oferecemos programas que vão de acordo com o perfil de cada participante”, conta ela.

Em São Carlos, os interessados em participar de algum programa de intercâmbio, poderão procurar a Central de Intercâmbio que fica na Avenida São Carlos, 2362 - Tel. (16) 3371-4346 ou a STB, na Rua Miguel Petroni, 1420 - Tel. (16) 3372-8747.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/