Ageuniara

Quadruplica o número de passaportes emitidos em Araraquara

Por: EMANUELE NUNES FERNANDES

05/07/2005

O aumento na demanda de passaportes em todo o país, devido a maior procura por viagens ao exterior pela recente queda do dólar, já começa a ser sentido em Araraquara(SP). Com este aumento, da procura por passaportes, acaba saindo prejudicado o fornecimento, e o prazo para emissão do documento.

Havia uma media anual em que o número de passaportes emitidos ficava entre 150 a 200 por mês. Hoje este número quadruplicou, já são emitidos na cidade cerca de 600 passaportes por mês.

Este aumento repentino acabou prejudicando a programação que existia entre a Policia Federal (PF), que emite o documento, e a Casa da Moeda, que confecciona e fornece os passaportes à PF.

Em Araraquara, a demanda foi ainda maior do que em outros lugares. A cidade atende 28 cidades da região, o que não impede pessoas que não sejam desta região, de tirarem aqui seus passaportes.

Por este motivo, a PF vem tentando então, instruir as pessoas para retirarem o documento na delegacia que atende às suas cidades.

O delegado da Policia Federal, em Araraquara, Alessandro Moretti, informa que o motivo para o aumento da procura pelo documento, pode estar relacionado com a queda recente do valor do dólar e também com o constante apelo da mídia, evidenciando a queda do dólar e também incentivando as viagens para o exterior a fim de melhores oportunidades profissionais.

Sobre a questão de o dólar estar mais barato, vale lembrar que este é um dado relativo. Ele está mais barato com relação a 2004, quando estava custando R$ 3,50 e hoje fica em torno de R$ 2,06. Se comparar quando era US$1,00 para R$ 1,00 , a inflação no país também era menor. Então o fato do dólar estar mais barato não pode ser o único responsável pela grande procura por passaportes e viagens internacionais.

As razões para a procura pelo documento ter quadruplicado não são precisas. "Muitas pessoas tiram o passaporte para guardar, outras para viajar. Daqui um ano, tem gente que tira para tentar o visto americano pois acha que no ano que vem pode ser mais difícil consegui-lo.São vários os motivos", afirma Moretti.

Existe ainda uma reserva especial para casos urgentes, o delegado ressalta que emergências médicas, como por exemplo, cirurgias marcadas no exterior, e passagens com data marcada, terão prioridade, bastando comprovar a urgência , com os respectivos documentos (comprovante de urgência ou a passagem já com a data marcada.).

Quanto à demora para o fornecimento, não há uma previsão de quanto tempo levará para normalizar o serviço de emissão e entrega, mesmo porque a PF depende do material fornecido pela Casa da Moeda, que também esta tendo dificuldade com o recebimento de mais matéria prima , para suprir a alta na demanda.

A Policia Federal comprava da Casa da Moeda, 60 mil passaportes / mês, hoje compra 140 mil passaportes / mês.

Para Moretti, as pessoas de Araraquara não serão muito prejudicadas, pois a mudança sofrida foi apenas do prazo para se retirar o documento , que antes era de uma semana e hoje pode levar até 20 dias corridos.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/